PM atirou para evitar furto de pertences de Marília Mendonça de avião no local da queda


Por: Portal Arauto
Fonte: G1
Publicado 10/11/2021 15:08
Atualizado 10/11/2021 15:18

Polícia   EM MINAS GERAIS

Uma tentativa de furto de pertences no avião que levava a cantora Marília foi registado na madrugada de 6 de novembro. Para evitar que o crime ocorresse, um policial militar que fazia a preservação da cena do acidente ao lado de dois colegas precisou efetuar disparos de bala de borracha contra quatro pessoas. O caso foi divulgado nesta quarta-feira (10) pela TV Globo.  

Os policiais monitoravam a região quando quatro pessoas desceram por um morro com uma lanterna. Os policias disseram que os suspeitos seguiram até a aeronave em busca de materiais das vítimas, quando receberam ordem de parar, mas continuaram. Foi aí que o PM deu dois tiros de bala de borracha. Os suspeitos fugiram e não há informações se foram atingidos.

A aeronave caiu no dia anterior, na zona rural de Caratinga, no Vale do Rio Doce, em Minas Gerais. Além da cantora, morreram no acidente o produtor Henrique Ribeiro; o tio e assessor da cantora, Abicieli Silveira Dias Filho; o piloto Geraldo Medeiros Júnior; e o copiloto Tarciso Pessoa Viana.

* Com informações do G1

Leia mais: 

Polícia encontra cabo de energia enrolado em hélice de avião que caiu com Marília Mendonça


Foto: Carlos Eduardo Alvim/TV Globo
Pertences de Marília Mendonça e das outras vítimas que estavam dentro do avião
Pertences de Marília Mendonça e das outras vítimas que estavam dentro do avião