"Ele merece ficar preso por um bom tempo”, diz árbitro agredido por jogador na Divisão de Acesso


Por: Portal Arauto
Publicado 05/10/2021 14:37
Atualizado 05/10/2021 14:41

Polícia   ENTREVISTA

O árbitro da partida entre Guarani de Venâncio Aires e São Paulo de Rio Grande, Rodrigo Crivellaro, falou pela primeira vez após o episódio de agressão sofrido nessa segunda-feira (4), em partida válida pela Divisão de Acesso. A entrevista foi para a Rádio Imembui de Santa Maria, momentos antes dele receber alta do hospital, onde permaneceu internado por mais de 10 horas devido ao soco no rosto e chute na nuca que sofreu após aplicar um cartão amarela ao atleta.

Crivellaro revelou não lembrar de detalhes do lance e que apenas sabe o que foi relatado pelos colegas de arbitragem. "Não me lembro direito do lance. Eu dei um cartão amarelo para ele. Ele me deu um soco no rosto, eu caí no chão, tomei chute e desmaiei”, afirmou.   

Natural de Pelotas, mas morador de Santa Maria, Crivellaro é Personal Trainer e atua como árbitro pela Federação Gaúcha de Futebol desde 2015. Questionado sobre o que diria para o jogador autor da agressão, ele disse: “Esse jogador precisa de um tratamento, uma pessoa totalmente descontrolada, ele merece ficar preso por um bom tempo”

Após a alta hospital, o árbitro foi levado para o hotel onde a arbitragem está concentrada. A partida irá ser concluída na tarde desta terça-feira (5).  Autor da agressão, o jogador William Ribeiro foi preso em flagrante. Conforme o delegado Vinícius Lourenço de Assunção, titular da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Venâncio Aires, ele irá responder por tentativa de homicídio.

 


Foto: Willian de Oliveira - AI EC Guarani
Rodrigo teve alta na manhã de hoje
Rodrigo teve alta na manhã de hoje