Prefeitura de Santa Cruz estuda instalar Castramóvel junto ao Hospitalzinho


Por: Portal Arauto
Publicado 08/10/2021 07:00
Atualizado 08/10/2021 07:12

Geral   POLÊMICA

A Prefeitura de Santa Cruz do Sul estuda instalar o Castramóvel, entregue em novembro de 2019 ao município, junto ao Hospitalzinho, no Bairro Santa Vitória. O espaço não foi utilizado nestes quase dois anos devido às condições em que foi entregue, com o dobro do peso permitido para transporte e outras irregularidades.

Na ideia original, o serviço seria realizado em diferentes bairros através da locomoção do veículo, o que permitiria que diversas pessoas tivessem fácil acesso ao serviço. As operações do Castramóvel estavam previstas para ocorrer por médicos veterinários da Prefeitura ou conveniados. 

Adquirido com R$ 150 mil do Governo Federal e R$ 40 mil de contrapartida do município, o Castramóvel apresentou excesso de peso, mas também problemas no chassi. Além disso, o veículo foi tema de sindicância após a empresa responsável pela entrega ter parado de responder a Prefeitura. 

Conforme a Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Sul, a pasta encaminhou contratação de um engenheiro técnico para analisar o Castramóvel e avaliar as condições de utilização do espaço, bem como a responsabilização da empresa que entregou o bem sem condições de uso. O estudo deve durar três dias. 

Segundo a Secretaria de Meio Ambiente, Saneamento e Sustentabilidade, se o laudo apresentar boas condições de uso e após apuradas todas as questões legais, a intenção é instalar de forma fixa junto ao Hospitalzinho para castrar os animais das famílias carentes. 

De acordo com a vereadora Bruna Molz, que viabilizou o projeto, a demora para o início das operação traz grande prejuízo para a comunidade. "Espero que o Castramóvel comece a operar ainda esse ano. Infelizmente quem perdeu com isso foi milhares de animais, que poderiam ter deixado de procriar e assim evitar ninhadas abandonadas e ninhadas que crescem nas ruas e se alastram. O sentimento é de impotência e tristeza. São dois anos de um sonho parado", ressalta. 

Leia mais: Entregue com o dobro do peso permitido, Castramóvel ainda está longe de se tornar realidade nos bairros


Foto: Arquivo/Portal Arauto
Castramóvel apresentou excesso de peso, mas também problemas no chassi
Castramóvel apresentou excesso de peso, mas também problemas no chassi