Carne bovina e tomate puxam nova alta da cesta básica em Santa Cruz


Por: Portal Arauto
Fonte: Assessoria de Imprensa
Publicado 05/10/2021 06:38
Atualizado 05/10/2021 07:17

Geral   ECONOMIA

A variação do custo da Cesta Básica Nacional em Santa Cruz do Sul foi de 9,65% no período de 3 de setembro a 4 de outubro de 2021, passando de R$ 524,06 para R$ 574,67. Dos 13 produtos pesquisados, quatro apresentaram redução e os demais nove produtos apresentaram elevação de preço. Com esta elevação recorde de R$ 50,61 em relação a setembro, a Cesta Básica alcança o maior custo desde o início da série histórica do levantamento.

As maiores contribuições para esta elevação do custo da Cesta Básica Nacional foram do Tomate (contribuição de 7,15%, custando em uma rede de supermercado o triplo do verificado em setembro) e da Carne Bovina (contribuição de 2,59%), produtos que tiveram redução de preço no levantamento anterior. Contribuíram para frear esta elevação o Pão Francês (contribuição de – 1,35%, pois estava em promoção em duas redes de supermercado), a Batata Inglesa (contribuição de – 0,27%) e a Banha (contribuição de – 0,20%). No ano de 2021 a Cesta Básica apresenta elevação de 14,238% e, comparando com outubro de 2020, a elevação é de R$ 119,83, ou 26,346%.

A Cesta Básica Nacional relaciona um conjunto de alimentos que seria suficiente para o sustento e bem-estar de um trabalhador adulto ao longo de um mês.


Foto: Pixabay
Dos 13 produtos pesquisados, quatro apresentaram redução e os demais nove produtos apresentaram elevação de preço
Dos 13 produtos pesquisados, quatro apresentaram redução e os demais nove produtos apresentaram elevação de preço