Jogador que agrediu árbitro é preso por tentativa de homicídio


Por: Portal Arauto
Publicado 04/10/2021 23:58
Atualizado 05/10/2021 08:43

Polícia   VENÂNCIO AIRES

O jogador William Ribeiro, do São Paulo de Rio Grande, foi preso por tentativa de homicídio com qualificadora de motivo fútil. A informação foi confirmada pelo delegado Vinícius Lourenço de Assunção, titular da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Venâncio Aires.

De acordo com o delegado o jogador assumiu o risco de matar ao desferir um soco e um chute contra a cabeça do árbitro Rodrigo Crivelaro no jogo entre Guarani e São Paulo, disputado no Estádio Edmundo Feix, em Venâncio Aires, pela 12ª rodada da Divisão de Acesso do Gauchão, na noite desta segunda-feira (4). “Quando tu chuta a cabeça de alguém, que já estava praticamente desfalecida, tu assume o risco de matar. Então por esta razão eu decidi pela autuação dele em flagrante, por tentativa de homicídio”, confirmou o delegado.

Ainda conforme o delegado, o jogador foi encaminhado a Penitenciária Estadual de Venâncio Aires (Peva). Em nota, o São Paulo de Rio Grande confirmou a demissão do atleta e lamentou o ocorrido.

O juiz, de Santa Maria, foi conduzido ao Hospital São Sebastião Mártir (HSSM) desacordado. Ao chegar a casa de saúde, o comandante da partida passou por exames. Segundo a Assessoria de Imprensa do Guarani de Venâncio Aires, o árbitro está bem, com dores na boca e na nuca, mas deve ficar em observação por 24 horas.

A partida foi paralisada, aos 15 minutos do segundo tempo, quando o rubro-negro vencia por 1 a 0. A decisão sobre o futuro da partida fica a cargo da Comissão Disciplinar da Federação Gaúcha de Futebol (FGF).

LEIA MAIS: Jogo entre Guarani e São Paulo será retomado hoje


Foto: Divulgação/FGF
William Ribeiro, do São Paulo de Rio Grande, foi encaminhado a Peva
William Ribeiro, do São Paulo de Rio Grande, foi encaminhado a Peva