Arauto Saúde: os benefícios de manter um acompanhamento psicológico


Por: Portal Arauto
Fonte: Grupo Arauto
Publicado 02/10/2021 07:58

Geral Arauto Saúde   PSICANÁLISE

Entre os objetivos, a psicanálise busca criar um vínculo entre terapeuta e paciente, a fim de compreender os processos reprimidos pelo subconsciente, que geram sintomas como a angústia ou a ansiedade. O assunto vem ganhando destaque durante a pandemia, quando as pessoas passaram a olhar mais para si e a se questionar. Dessa forma, para falar sobre a importância da psicanálise, a convidada do Arauto Saúde desta semana é a psicóloga e psicanalista Tânia Baumhardt - que acumula quase 40 anos de experiência e é uma das pioneiras na área em Santa Cruz do Sul e no Vale do Rio Pardo.

Tânia observa que atualmente as pessoas têm se percebido mais e questionado as razões pelas quais as coisas acontecem com elas e, consequentemente, procurado o auxílio de profissionais da área da psicanálise. “Costuma-se dizer que todos deveriam passar por análise, mas a gente sabe que isso não acontece. Essa procura acontece quando a pessoa passa por algum tipo de sofrimento e angústia, que pode ser das mais diversas ordens, como afetiva ou profissional. Mas na maioria das vezes, não se sabe de onde essa angústia toda surge, o que está causando esse sofrimento, então a pessoa não consegue lidar com isso sozinha”, explica a profissional, ao citar que essa percepção é importante para o processo. “A psicanálise é algo que funciona, então é de extrema valia quando a pessoa percebe a dificuldade pela qual está passando e busca esse auxílio para encontrar respostas às suas questões”, complementa. 

Além dos adultos, Tânia salienta que em relação às crianças, a sociedade tem tido uma percepção maior de suas angústias e sofrimentos. “Hoje se sabe que se esses problemas não foram resolvidos, podem interferir no seu desenvolvimento e aprendizado, por isso a importância de olhar para os pequenos também”, esclarece. 
Da mesma forma, cita que no ambiente de trabalho há uma atenção maior a essas questões, porque as empresas perceberam o quanto as angústias e os problemas pessoais interferem nas relações interpessoais durante o trabalho e na própria produtividade. “Nesse sentido, as empresas têm buscado lidar com essas situações, olhando para seus funcionários, e otimizar o trabalho, bem como as relações em seus ambientes”, arremata. 


Foto: divulgação
Procura por ajuda profissional ocorre principalmente quando indivíduo passa por angústia ou sofrimento
Procura por ajuda profissional ocorre principalmente quando indivíduo passa por angústia ou sofrimento