Operação para apurar suspeita de corrupção no TJRS cumpre mandado em Venâncio Aires


Por: Portal Arauto
Fonte: Assessoria de Imprensa
Publicado 30/09/2021 11:42
Atualizado 30/09/2021 17:32

Polícia   OPERAÇÃO

O Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal cumpriu, na manhã desta quinta-feira (30), mandados de busca e apreensão em endereços em Porto Alegre e Venâncio Aires. Ao todo, três investigados são alvos dos mandados que não incluíram prisões.

O objetivo da medida cautelar, autorizada pela ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), foi o de colher elementos para instrução de inquérito instaurado para apurar supostos crimes como corrupção e venda de decisões judiciais envolvendo integrante do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS).

De acordo com o pedido do MPF, assinado pela subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo, os indícios de prova a respeito do comércio de decisões do TJRS são consistentes e diversificados, apresentando conexão com investigações da Operação Barbeiro, que tramitou na 3ª Vara Criminal da Comarca de Venâncio Aires. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados.

As evidências são oriundas de "fontes independentes que convergem para a prática de condutas criminosas, especialmente do grande volume de transações financeiras suspeitas pelos investigados no período sindicado, cuja origem pode ser a negociação de decisões judiciais”, justifica o MPF.