Falso advogado que fez vítima em Santa Cruz é procurado pela Polícia Civil


Por: Portal Arauto
Fonte: Gaúcha ZH
Publicado 30/09/2021 09:43
Atualizado 30/09/2021 10:01

Polícia   ESTELIONATO

Um homem de 53 anos, considerado foragido, é procurado pela Polícia Civil após aplicar golpes semelhantes em diferentes municípios gaúchos. Na ações, ele finge ser advogado, solicita para ver objetos de valor e sai do local com os produtos após enganar os vendedores. Um dos crimes foi registrado em Santa Cruz do Sul, dentro da sede da Subseção da Ordem dos Advogados Brasileiros (OAB). 

O caso aconteceu no dia 17 de setembro, quando um joalheiro do município foi procurado pelo falso advogado. Em uma videochamada, o estelionatário relatou que estava a procura de alguns produtos, mas que por estar com muitos compromissos não conseguiria ir até o local comprar. Foi quando ele pediu para que o vendedor levasse as joias até a sede da OAB. 

Em uma sala pública da OAB, o homem - que usa terno e gravata e fala com termos jurídicos para tentar enganar as vítimas - recebeu o joalheiro que lhe entregou caixas com joias avaliadas em cerca de R$ 5 mil. Após alegar que iria mostrar as joias para a esposa, saiu da sala e não retornou. O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia. 

O criminoso foi identificado por meio das imagens de câmeras como sendo um estelionatário, do Paraná, conhecido como Tonelada. A investigação da polícia aponta que ele teria atuação em outros Estados, como Paraná e Santa Catarina. No Rio Grande do Sul, ele aplicou golpes em duas lojas de celulares em Porto Alegre e em Gravataí, município onde ele também utilizou a sede da OAB para enganar a vítima. Em nota, a entidade esclareceu que a sala usada pelo falso advogado não é cômodo privativo destinado aos membros da Ordem.


Foto: Divulgação
Homem realiza golpes por todo o Estado ao utilizar sedes da OAB para enganar vendedores
Homem realiza golpes por todo o Estado ao utilizar sedes da OAB para enganar vendedores