No casamento de quase sete décadas do casal Rabuske, a Estação Férrea também fez história


Por: Portal Arauto
Publicado 26/09/2021 18:00
Atualizado 27/09/2021 07:46

Geral Vídeos   SANTA CRUZ MINHA HISTÓRIA

Quem lembra a história de Santa Cruz do Sul também recorda do barulho do trem e da animação da comunidade ao vê-lo chegar na Estação Férrea. O espaço, hoje turístico junto à Praça Siegfried Heuser, foi por muitos anos palco de espera, reencontros e emoções. Tinha quem aguardava a chegada do jornal, outros esperavam alguma encomenda, tantos outros recebiam pessoas especiais e também havia quem apenas observava a grandiosidade daquela máquina e sonhava com o futuro. A Estação Férrea, até a última viagem até Ramiz Galvão em 1963, mostrou à comunidade regional o potencial em desenvolvimento que Santa Cruz do Sul sempre teve. Aquele local fez e faz parte da história do município, mas também de tantas pessoas que entraram no trem e viveram momentos inesquecíveis ao som da locomotiva.

Uma dessas viagens foi vivida por Laura e Egon Rabuske, protagonistas do segundo vídeo do especial "Santa Cruz Minha História", comemorativo ao aniversário de 143 anos do município. Após um lindo casamento na Catedral São João Batista, o matrimônio dos dois foi comemorado com uma viagem a Porto Alegre e Caxias do Sul. No retorno, para deixar aquele momento ainda mais especial, os dois embarcaram juntos no trem, trajeto da capital até a Estação Férrea que jamais irão esquecer. Por isso, aquele prédio bonito na Rua Ernesto Alves, embeleza a trajetória de Santa Cruz do Sul, mas também encanta a todos que escutam a história de amor de Laura e Egon, até hoje inseparáveis. 

O especial Santa Cruz Minha História tem patrocínio de Virtuosa Clínica Estética e A Fórmula Farmácia de Manipulação

Confira o vídeo:

 


Foto: Letícia Dhiel/Portal Arauto
Egon e Laura se beijam em frente à Estação Férrea
Egon e Laura se beijam em frente à Estação Férrea