Começa o julgamento de acusada pela polícia pela morte do ex-namorado em Santa Cruz


Por: Portal Arauto
Publicado 15/09/2021 11:12
Atualizado 15/09/2021 11:58

Polícia   DESFECHO

O júri popular sobre a morte de Tiago Aliandro Kohlrausch ocorre nesta quarta-feira (15) em Santa Cruz do Sul. Patrícia D'Ávila da Luz, de 22 anos, é julgada pelo Tribunal de Júri por ser acusada de ter planejado a morte de Tiago, pai de seu filho. Ela foi indiciada e responde por homicídio triplamente qualificado, por motivo torpe, emprego de meio cruel e utilização de recurso que dificultou a defesa da vítima. O juri é presidido pela juiza Márcia Inês Doebber Wrasse.

Tiago, que não tinha antecedentes criminais e era servidor da Prefeitura de Santa Cruz, foi morto no dia 23 de setembro de 2019 no Loteamento Motocross, Bairro Arroio Grande, em Santa Cruz do Sul. Ele foi atingido com pelo menos 13 tiros de calibre .380 na garagem da casa onde morava. O fato de querer estar com filho teria motivado assassinato do homem, que também teria tido envolvimento do companheiro da ré na época, Renato Andrade Ferreira, que ainda será julgado. Os dois foram indiciados, assim o proprietário do carro utilizado pelos atiradores, que é familiar de Patrícia. 

Durante a manhã desta quarta-feira, o delegado Alessander Zucuni Garcia, responsável pelas investigações na 2ª DP, e o pai de Tiago foram ouvidos. Por volta do meio-dia, as testemunhas de defesa iniciaram as falas. O juri é composto por seis homens e uma mulher.

Leia mais: 

"Não tem um dia em que eu acorde e não pense no Tiago", diz ex-namorada de homem morto no Loteamento Motocross

Mulher acusada de mandar matar o ex será julgada em Santa Cruz

Polícia Civil prende mulher por envolvimento em homicídio no Loteamento Motocross

Fato de querer estar com filho teria motivado assassinato de homem no Motocross

Homem é morto a tiros no Bairro Arroio Grande


Foto: Guilherme Bica/Portal Arauto
Julgamento ocorre nesta quarta-feira
Julgamento ocorre nesta quarta-feira