Setembro Amarelo motiva ações de conscientização em Vera Cruz


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 15/09/2021 07:21
Atualizado 15/09/2021 07:21

Geral   VERA CRUZ

Na tarde da última sexta-feira, dia 10, agentes do Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (CAPSij)de Vera Cruz realizaram escutas individuais com profissionais da saúde e contação de histórias para crianças. Conforme  a enfermeira e coordenadora do Centro de Atenção Psicossocial Infanto-juvenil microrregional (CAPSi), Francielle Fuzer, e o coordenador do Caps Adulto de Vera Cruz, Daniel Petry, a atividade realizada na última semana foi muito positiva, sendo o marco inicial de um projeto que buscará ajudar a população vera-cruzense. 

“Toda ação de saúde que se inicia precisa de tempo para ser incorporada na rotina da população, assim, ainda estamos realizando a avaliação dessa ação. A nossa ideia de oferta de saúde não se resume a um público em específico, mas sim contempla toda a população, independente da sua condição atual de saúde. Dessa forma, as pessoas podem contar com diversos profissionais de saúde que estarão disponíveis na praça municipal conversando sobre questões relacionadas à importância de valorização da vida, assunto que cada vez mais se mostra extremamente relevante”, destacaram os servidores públicos.

Auxílio

Segundo Daniel Petry, as ações de saúde na Praça José Bonifácio se estenderão por todo o mês de setembro, sempre às sextas-feiras de manhã ou pela tarde. No entanto, o CAPSij está articulando a possibilidade de que essa ação seja ofertada ao longo do ano, sempre na última sexta-feira de cada mês.

Segundo Francielle, é fundamental que a pessoa que estiver se sentindo mal procure ajuda profissional. Em Vera Cruz, entre os serviços ofertados estão acolhimento, escuta qualificada, atendimentos psicológicos, psiquiátricos, de enfermagem, entre outros “Estamos sempre avaliando durante os atendimentos as falas e comportamentos da pessoa. O acolhimento e a escuta são muito importantes e fazem toda a diferença durante a abordagem na crise. Da mesma forma a intervenção multi e interdisciplinar representa um grande diferencial no atendimento. A participação da família é de suma importância, uma vez que fazem o que chamamos de ‘rede de proteção familiar’, e realizam o cuidado da pessoa em crise quando em sua residência. Em determinadas situações a internação hospitalar se faz necessária”, salienta a profissional.

Nos próximos dias

Para marcar o Setembro Amarelo, que promove a prevenção e chama a atenção para um grave problema de saúde pública, o suicídio, o grupo Amigas do Bem realiza atividades em Linha Henrique D’Ávila, Vera Cruz, nesta quinta e sexta-feira, dias 16 e 17. 

Na quinta, das 13h30min às 16h30min, serão realizados revitalização e embelezamento do trevo na bifurcação da localidade com Mato Alto. O objetivo da atividade é trabalhar a saúde mental das integrantes do grupo, bem como da comunidade que queira participar, proporcionando bem-estar, empoderamento e autoestima.

Já na sexta, das 13 às 17 horas, haverá “blitz do bem” nas entradas de Mato Alto e Linha Henrique D’Ávila, com distribuição de fitas amarelas e cartões com frases inspiradoras e positivas, chamando a atenção para a importância da campanha de valorização e incentivo à vida.

 


Foto: Gabriel Fuelber/Jornal Arauto
Agentes realizaram ação na última sexta-feira
Agentes realizaram ação na última sexta-feira