Com produção artesanal, Pessoa Pastéis carrega o melhor da culinária portuguesa


Por: Portal Arauto
Publicado 13/09/2021 19:00
Atualizado 14/09/2021 14:25

Feed de Negócios   FEED DE NEGÓCIOS

Como forma de homenagem ao maior poeta da língua portuguesa e um dos maiores da literatura universal, Fernando Pessoa, surgiu, em Santa Cruz do Sul, o Pessoa Pastéis. O empreendimento também é resultado do amor por Portugal, de dois amigos sonhadores que moram no Brasil, mas que respiram a cultura portuguesa, a música, literatura e a culinária. A empresa irá iniciar nesta quinta-feira (16) as operações com o formato de ghost kitchen, aceitando pedidos somente por delivery. A produção será totalmente artesanal e limitada.

Segundo o sócio-proprietário do Pessoa Pastéis, Diego Weigelt, em Santa Cruz do Sul existe uma culinária que contemple quase todos os países, mas faltava algum negócio que fosse exclusivamente de Portugal, feito por pessoas que conhecem o país e que mostrassem a beleza e os encantos lusitanos. "Não somos vendedores de doces portugueses, somos divulgadores de uma cultura riquíssima, que também merece ser apreciada. Não é uma franquia, é uma marca própria criada com o intuito de divulgar a cultura portuguesa na cidade. Começamos com os pastéis e ainda teremos muitas novidades. Com o tempo pensamos em franquear a marca", destaca. 

 Weigelt conta que é santa-cruzense e conhece 30 países. Teve experiência no exterior, pois morou 3 anos em Lisboa e se apaixonou pela cultura. "Conheço Portugal de sul a norte, incluindo as ilhas da Madeira e dos Açores. Como não consigo morar lá, tive a ideia de trazer para perto de mim e de todos de Santa Cruz um pouco das coisas que mais amo em Portugal. Queríamos colocar todo nosso empenho e amor para divulgar as coisas de Portugal", ressalta. 

O pastel de nata será vendido inicialmente no empreendimento, mas mais tarde novidades devem surgir. Weigelt destaca que é preciso fazer uma diferenciação desse tipo de pastel, pois quando se fala em pastel de nata, trata-se de um doce assado: "No Brasil, pode gerar alguma confusão, já que o pastel é salgado é frito". Ele explica que o  “pastel de nata” - que apesar do seu nome, não contém nata na sua receita - ou “pastel de Belém”  - só pode ser chamado assim os que são vendidos na região de Belém, em Lisboa - já existe desde 1837, e é feito com massa folhada bem estaladiça e um recheio preparado com o trio típico da confeitaria portuguesa: açúcar, leite e gemas de ovos, com um toque de limão siciliano e canela. "O recheio não é muito doce e tem sabores equilibrados, bom para comer logo após sair do forno ou à temperatura ambiente. Normalmente é servido polvilhado com canela ou açúcar em pó", explica. 

Feliz com o empreendimento, Weigelt destaca o orgulho que tem em poder trabalhar com produtos portugueses e transmitir esse amor para todas as pessoas. "Em todos os lugares que vamos, provamos pastéis de nata, conhecemos os que são feitos em Portugal e podemos dizer, com toda certeza, que os nossos estão entre os melhores do mundo! Quem ainda não provou, prove, e vai ver que é impossível comer um só", comenta. 

Como fazer o pedido?

Os clientes poderão fazer os pedidos pelo WhatsApp (51) 99846-5814 ou ainda pelo direct do nosso Instagram (@pessoapasteis). O Pessoa Pastéis está aberta a encomendas de segunda a domingo. No entanto, o trabalho será realizada por fornadas que ocorrem nas quintas, às 9h, 15h e 18h, sextas, 9h, 15h e 18h e aos sábados às 10h. A intenção é sempre entregar os pastéis quentinhos, por isso serão aceitos pedidos até uma hora antes da fornada. Com o tempo, a intenção é abrir novos dias e horários para venda. As vendas serão iniciadas com caixas personalidades de 3 e 6 unidades, sendo que a unidade custará R$ 8.


Foto: Divulgação
Empreendimento irá iniciar nesta quinta-feira (16) as operações com o formato de ghost kitchen em Santa Cruz
Empreendimento irá iniciar nesta quinta-feira (16) as operações com o formato de ghost kitchen em Santa Cruz