Manhã é marcada por ato contra o Governo Bolsonaro em Santa Cruz


Por: Portal Arauto
Publicado 07/09/2021 09:42
Atualizado 07/09/2021 10:54

Política   MANIFESTAÇÃO

Movimentos de esquerda e entidades sindicais estão reunidos em manifesto contra o presidente Jair Bolsonaro na manhã desta terça-feira (7) em Santa Cruz. Denominado Grito dos Excluídos, o ato, que também é voltado a críticas contra o Governo Federal, - que estava marcado para ocorrer na praça do Bairro Santa Vitória, mas devido a chuva foi transferido para a Igreja Conceição, no Bairro Bom Jesus - tem por objetivo, segundo os manifestantes, denunciar a miséria, pobreza e fome no país, bem como expor a luta pela defesa da vida, paz, empregos, democracia e participação social.

Ao longo da manhã, os manifestantes realizam falas e cantos. Além disso, estão expostos cartazes com as frases "Lugar de vacina é no braço", "Todos unidos pela vida", "Eu luto pelo SUS". Uma das entidades que participa do ato é o Cpers. Conforme a diretora do 18º núcleo, Cira Kauffmann, a manifestação é uma forma de clamar por democracia e lutar pelos direitos da classe, diretamente atingida. "Estamos participando porque entendemos que a nossa categoria sofre todas as imposições de uma política que está sendo imposta pelo presidente e governador. A alta dos preços, como da gasolina, cesta básica e energia elétrica, impacta os nossos alunos, os pais dos nossos alunos e de forma agressiva nossa categoria de professores e funcionários de escolas estaduais que estão há sete anos sem reposição salarial", considera.