Bolsonaro diz que vai entrar com ação no STF contra governadores sobre valor do ICMS de combustíveis


Por: Portal Arauto
Fonte: Gaúcha ZH e CNN
Publicado 03/09/2021 09:53
Atualizado 03/09/2021 10:10

Política   POLÍTICA

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o governo entrará nesta sexta-feira (3) com ação direta de inconstitucionalidade (Adin) no Supremo Tribunal Federal (STF) por suposta "omissão" dos Estados na cobrança de ICMS sobre os combustíveis. Segundo o presidente, os governadores ferem a Constituição ao cobrar ICMS de forma proporcional.

A ação ocorre por conta da defesa do presidente de que a recente alta nos combustíveis, com impactos diretos na inflação, se deve aos impostos estaduais. Entretanto, os governadores têm rebatido Jair Bolsonaro nas redes sociais, destacando que a taxa incidente sobre o ICMS é a mesma há anos.

Toda vez que aumenta o combustível, eles [governadores] aumentam quase o dobro do que se registra lá na origem. Isso é uma maneira dos governadores ganharem mais dinheiro. E não tem exceção. Todos fazem exatamente a mesma coisa. Arredondando os números, o preço da gasolina poderia estar R$ 1,20 mais barato hoje”, afirmou o presidente.

Durante a live realizada nesta quinta-feira, Bolsonaro destacou que quer aprovar uma lei que obrigue a descrição dos impostos cobrados nos combustíveis.


Foto: Arquivo/Agência Brasil
Segundo Bolsonaro, o preço da gasolina poderia estar R$ 1,20 mais barato
Segundo Bolsonaro, o preço da gasolina poderia estar R$ 1,20 mais barato