Agentes comunitárias de Saúde retomam visitas domiciliares em Vera Cruz


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 31/08/2021 19:00

Geral   RETOMADA DOS SERVIÇOS

Há mais de um ano suspensas, as visitas domiciliares voltam a ser realizadas pelas agentes comunitárias de Saúde de Vera Cruz, de forma mais atuante, a partir de setembro. Dessa forma, na última sexta-feira, dia 27 de agosto, cerca de 30 profissionais estiveram reunidas no Centro de Convivência do Idoso, participando de uma capacitação. A retomada, após realocação das agentes em outras frentes de atendimento nos últimos meses, visa a continuidade do trabalho desenvolvido junto às comunidades inseridas nas áreas de cobertura, informando sobre os cuidados para a promoção da saúde e a prevenção de doenças, bem como acerca do funcionamento dos serviços de saúde no município. 

Durante o encontro, que teve o objetivo de alinhar os discursos e a atuação, as profissionais foram orientadas quanto aos critérios essenciais de classificação de risco, acerca do atendimento humanizado e de perguntas qualificadas a serem feitas às famílias visitadas, otimizando a identificação de suas necessidades e problemas. “Dessa forma, elas podem fazer o reconhecimento das suas áreas de atendimento, quem é o público que atende, se são diabéticos, hipertensos ou cadeirantes, identificando quem precisa de uma maior atenção e quem não necessita das visitas”, esclarece a secretaria de Saúde, Clair Tornquist. 

Também como estratégia empregada para agilizar os atendimentos e informatizar os serviços, as unidades de Saúde foram equipadas com notebooks e outros materiais de informática. Para facilitar o manuseio dos equipamentos, as agentes comunitárias passaram por capacitações, realizadas em parceria com a Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer. Mais à frente, esclarece Clair, o objetivo é possibilitar às profissionais o acesso a um aplicativo pelo celular, de forma off-line, onde vão abastecer o sistema com informações ainda durante as visitas. “Até então, o serviço é dobrado, já que elas têm que passar a informação registrada em papel para o computador. A ideia é que elas tenham um check list e que com mais agilidade os dados coletados estejam no sistema, pois sempre que for necessário acessar essas informações elas estarão a mão”, frisa a responsável pela Saúde. 

Ainda, adianta a secretária, deve ser realizado em breve um mapeamento das áreas rurais e urbanas do município, para identificar aquelas que necessitam de coberturas das agentes comunitárias, tendo-se a possibilidade de implantação de novas unidades em Estratégias de Saúde da Família e a contratação de mais profissionais.


Foto: Jornal Arauto / Taliana Hickmann
Profissionais passaram por capacitação presencial na última sexta-feira
Profissionais passaram por capacitação presencial na última sexta-feira