BM traça ações para coibir arrombamentos e assaltos a estabelecimentos comerciais em Santa Cruz


Por: Portal Arauto
Publicado 28/08/2021 19:00

Polícia   SANTA CRUZ

De olho nas últimas ocorrências de arrombamentos e assaltos a estabelecimentos comerciais, a Brigada Militar de Santa Cruz do Sul traça ações para coibir esse tipo de crime. Conforme o major Fábio Vilnei da Silva Azevedo, comandante do 23º Batalhão de Polícia Militar, todas as situações passam por uma análise inteligente, a fim de que o policiamento faça a repressão e consiga alcançar flagrantes. "Fazemos todas as ações necessárias para realizar um enfrentamento qualificado da criminalidade", destaca. Dentre as ações estão o monitoramento pelo videomonitoramento, com câmeras da segurança pública ou disponibilizadas pelo Projeto Vigilância Colaborativa, além do cruzamento de dados, diálogo com a comunidade por grupos de WhatsApp e análise do modus operandi em cada ocorrência. 

A preocupação da Brigada Militar é baseada na busca da solução dos crimes e resposta à comunidade, independente dos índices gerais. Afinal, mesmo com os casos recentes, as ocorrências de arrombamento em estabelecimentos comerciais em Santa Cruz do Sul, por exemplo, apresentam queda se comparado com o ano anterior. Em 2021 foram 39 casos de janeiro a agosto contra 67 do mesmo período de 2020. A redução é de 42%, conforme dados apresentados pelo major Azevedo, pelo subcomandante do 23º BPM, major Helcio Moisés Segú Gaira, e pelo capitão Rafael Menezes, comandante da 1ª Cia e Chefe de Inteligência do batalhão. 

O que chama a atenção, entretanto, é que 12 das 39 ocorrências deste ano foram registradas apenas em julho. O segundo mês com mais registros foi abril, com oito casos, seguido de junho, com seis crimes computados pela Brigada Militar. Já em 2020, o mês com mais casos de arrombamentos a estabelecimentos comerciais foi março, quando 14 locais foram alvos dos bandidos. Conforme os dados disponibilizados, junho e agosto de 2020 foram os meses com menos ocorrências, assim como março e agosto de 2021. 

Confira outros índices de janeiro a agosto:

  • Roubo a estabelecimento comercial 

2020: 30

2021: 26

Redução de 14%

-

  • Roubo a residência

2020: 5

2021: 3

Redução de 40%

-

  • Roubo de veículo

2020: 7

2021: 5

Redução de 28%

-

  • Furto arrombamento de residência

2020: 51

2021: 53

Aumento de 4%

  • Furto arrombamento de estabelecimento comercial/ensino/financeiro

2020: 67

2021: 39

Redução de 42%

 


Foto: Luiza Adorna/Portal Arauto
Capitão Rafael, Major Azevedo e Major Gaira
Capitão Rafael, Major Azevedo e Major Gaira