VÍDEO: Motorista de ônibus que morreu em acidente na BR-471 é homenageado


Por: Portal Arauto
Publicado 24/07/2021 16:29
Atualizado 24/07/2021 18:09

Geral   SAUDADE

O sol brilhou forte na tarde deste sábado (24). Talvez tenha sido um presente de Pedro Salvador Silveira de Oliveira, em recompensa a linda homenagem recebida dos amigos, familiares e colegas de trabalho. Vestidos de branco, com balões e lágrimas nos olhos, dezenas de pessoas importantes para o motorista - que faleceu no grave acidente de trânsito na noite de 5 de julho - foram até o local onde tudo aconteceu, nas proximidades do Parque da Expoagro Afubra. Lá, ao lado de um memorial produzido através de uma vaquinha dos colegas da empresa Vale do Sol, rezaram, homenagearam e relembraram com carinho o quanto ele era importante e especial.

A filha Jhennifer Faleiro, emocionada, agradeceu a presença de todos, após o céu receber os balões brancos preparados com carinho pela família. "Todos aqui sabem como ela era. Sempre feliz. Eu nunca vi o meu pai triste. Nunca vi ele chorando, nunca vi ele falando mal de alguém, nem reclamando da vida. Ele sempre foi do bem. Todos nós vamos partir e a única maneira de ficar aqui é ficar no coração das pessoas. É o que a gente planta nas pessoas que fica. Meu pai jamais será esquecido. Meu pai não morreu, ele continua vivo no meu coração", disse. Além de Jhennifer, Pedro Salvador deixou os filhos Bruno e Fernanda, os enteados Débora e Charles e a companheira Elisandra Linhares, com quem morava há 16 anos em Jardim Boa vista, Rio Pardo. 

De uniformes da empresa, os colegas de trabalho também relembraram com carinho do amigo. Conforme o motorista Fabio Sidnei Padilha, que conviveu quase cinco anos com Salvador, uma novela passa na cabeça em uma situação assim, tão dolorosa. "Podia ter sido qualquer um de nós. O trânsito é complicado, então só nos resta entregar para Deus. Quando eu soube da morte dele, desabei. Ele era uma pessoa fora do sério. Um homem do bem, responsável e alegre", destacou o amigo, em meio às lágrimas. Por isso, Padilha aconselha: "Nunca saia de casa magoado com alguém. Diga eu te amo. Diga bom trabalho. Pode ser a última vez. A vida é um sopro", comentou. Para relembrar uma das coisas que Salvador gostava de pedir aos amigos, os colegas derramaram uma térmica de água ao chão. A água abençoada que ele dizia, hoje abençoou a terra onde ele partiu. 

A família ainda recebeu durante o ato uma placa de homenagem e agradecimento pelas vidas salvas naquela noite. O presente foi oferecido pela vereadora de Rio Pardo, Marciele Rosa. "Não é a toa que se chamava Salvador. Ele foi um heroi", salientou ela. No fim da homenagem, ao som da música favorita do motorista que comemoraria amanhã o seu dia, uma cruz se formou no céu, abençoando ainda mais aquele momento, que foi marcado por dor, mas também por sorrisos de todos que lembraram de um momento feliz ao lado dele. 

Veja o vídeo:

Leia mais:

Colisão entre carreta, caminhão e ônibus mata homem e deixa 16 feridos na BR-471

Velório de motorista de ônibus que morreu em acidente na BR-471 ocorre em Rio Pardo

Motorista de carreta envolvida em acidente com morte na BR-471 teve teste do bafômetro positivo

Motorista de carreta nega ter invadido pista contrária em acidente com morte na BR-471