Vereadores trocam farpas após discordância sobre votação de projetos em Santa Cruz


Por: Portal Arauto
Publicado 13/07/2021 07:00
Atualizado 13/07/2021 09:16

Política   NA TRIBUNA

O líder de governo Henrique Hermany (Progressistas) e a líder de bancada do PTB, Nicole Weber, trocaram farpas na tribuna durante a sessão da Câmara de Vereadores na noite desta segunda-feira (12). O debate ocorreu após a bancada da oposição não assinar a liberação para votar de cinco projetos de lei do Executivo que ingressaram na pauta antes da reunião em regime de urgência, sob o argumento de que houve pouco tempo para a análise das matérias. 

Durante pronunciamento, Henrique classificou a posição como "birra política" e "atitude da velha política". "A comunidade espera de nós vereadores, não vir aqui fazer mesquinharia política ou querer trancar o trabalho da Administração. Não é o vereador Henrique ou a prefeita Helena que sai perdendo quando não se dá celeridade aos projetos, é o morador da rua que vai comer poeira porque a bancada do PTB não quis assinar o projeto em regime de urgência", afirmou.

Na sequência, Nicole explicou que a bancada optou pela não assinatura devido a "algumas dúvidas em relação ao projeto" que serão questionadas através de pedidos de informação. A vereadora destacou que, pelo regimento interno, está estipulado um prazo de, ao menos, três semanas para que a proposta possa tramitar na casa. "Existe um direito de todos nós aqui que é de se inteirar melhor das matérias, principalmente quando vem cinco projetos em regime de urgência do Executivo, que tá achando que aqui é o parquinho do Executivo que a gente só vota isso, para mim não tem o nome de birra política e sim se inteirar para votar com consciência", disse. 

Dentre as matérias em regime de urgência, estavam a autorização para pavimentar as ruas Dona Anna Kist e Telmo Alfredo Hoese, pelo sistema de parceria e contribução de melhoria, além da permuta de servidores e prorrogação de contratos emergenciais, bem como abertura de créditos especiais no montante de R$ 10.000,00 para custear despesas da Secretaria Municipal de Habitação, Desenvolvimento Social e Esporte.


Foto: Jacson Stulp/Câmara de Vereadores
Vereadores trocam farpas após discordância sobre votação de projetos em Santa Cruz