Arauto Saúde: a importância dos cuidados com síndromes gripais durante a pandemia


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 10/07/2021 07:59

Geral Arauto Saúde   SÍNDROMES GRIPAIS

Muito comum com a chegada do inverno, os resfriados em crianças devem ser observados com ainda mais atenção durante a pandemia, pois muitas vezes os sintomas de viroses são muito semelhantes aos encontrados na manifestação do novo coronavírus. Dessa forma, é fundamental que se tenha a consciência de procurar o atendimento médico em caso de avanço dos sintomas gripais. Para falar sobre o assunto, a convidada do Arauto Saúde desta semana é a pediatra Alexandra Silveira Salbego.

Conforme Alexandra, os cuidados com sintomas gripais devem ser constantes, principalmente nessa época de frio, que dificulta ainda mais o diagnóstico do quadro clínico. “Nosso maior problema é que no Rio Grande do Sul o frio sempre chega, mas a gente sempre estava acostumado a lidar com isso de uma maneira tranquila. No entanto, no final de 2019, com a chegada da Covid-19, esse vírus na pediatria se tornou um camaleão, pois ele tem diversas maneiras de se manifestar nas crianças , sendo semelhante a inúmeras outras viroses, que são comuns nessa faixa etária”, ressalta a médica pediatra.

Segundo a profissional, em caso de suspeita de Covid-19, no caso em que a criança teve contato com alguém contaminado e apresentou sintomas, aí é sugerido que se vá até o pediatra para que haja uma orientação. Já quando se há uma suspeita baixa, é analisado o histórico de exposição, se isolando a criança, para que não tenha contato com grupos de risco e então observa possíveis sintomas que possam surgir. No entanto, mesmo que não se tenha um agravamento do quadro viral, é recomendado que se procure orientação médica para definir o melhor caminho a ser seguido para a situação.

Conforme Alexandra, é importanda ainda se atentar a qualquer sinal que a criança possa apresentar. “Idealmente sim, mas quando falamos em avaliar, não significa que a criança tenha que ir ao consultório, quando é aquela criança que está bem de saúde, apenas com uma coriza, pelo menos os pais podem conversar com o pediatra para que sejam passadas as orientações necessárias até que ela se recupere. Aquela criança que já está com mais sintomas deve ir para o plantão ou consultório para ser avaliada para ver e tem algum sinal de risco ou complicação”, complementa.


Foto: Getty Images
Crianças se tornam mais vulneráveis no inverno
Crianças se tornam mais vulneráveis no inverno