Multicampeão com o Grêmio, Felipão é apresentado e assume o comando tricolor


Por: Portal Arauto
Fonte: Grêmio
Publicado 09/07/2021 16:05
Atualizado 09/07/2021 16:06

Esportes   PARA REERGUER

O técnico Luiz Felipe Scolari foi apresentado oficialmente na manhã desta sexta-feira. O novo técnico gremista concedeu entrevista coletiva logo após realizar o primeiro treino, no CT Presidente Luiz Carvalho. Com grande identificação com o Clube e uma trajetória de conquistas na casamata do Grêmio na década de 90, na Seleção Brasileira e por outras grandes equipes nos últimos anos, o técnico chega com a missão de colocar o Clube no rumo das vitórias no Campeonato Brasileiro. 

O novo comandante gremista foi apresentado pelo presidente do Conselho de Administração, Romildo Bolzan, e pelo vice-presidente de futebol, Marcos Herrmann, na sala de entrevistas do CT e recebeu uma camisa tricolor 2021. “É com imensa satisfação que, de modo oficial, fazemos a apresentação de Luiz Felipe. Tem uma enorme trajetória e, agora, a missão difícil de nos tirar da situação que estamos, mas com absoluta confiança em obter os resultados que o Grêmio merece e precisa. Desejo que tenha muito sucesso”, disse Herrmann, ao abrir a apresentação. 

Na sequência, Felipão ouviu as boas-vindas de Romildo Bolzan, que afirmou ter consultado o técnico sobre o elenco gremista e manter contato enquanto esteve fora do Grêmio. “Dou as boas-vindas ao Felipão e fiz questão de estar aqui.  Tivemos uma relação profissional e depois disso mantivemos uma relação privada, inclusive telefonei a ele para perguntar sobre alguns jogadores. Está retornando à casa em um momento em que nos encontramos em dificuldade momentânea, mas vamos sair dela. Felipão é nosso comandante técnico, mas estamos todos juntos e envolvidos. O Grêmio é muito maior do que está acontecendo”

De volta ao Grêmio após seis anos desde a sua última passagem, que ocorreu de 2014 a 2015, o técnico respondeu os questionamentos da imprensa e falou sobre sua identificação e ‘gremismo’, ingredientes que podem ser fundamentais na busca da recuperação tricolor. “Será que tem algo tão grande quanto que ser gremista e estar dirigindo o Grêmio? Será que alguém tem esse sentimento que eu tenho, que eu posso ter e que eu sinto? A dificuldade todos nós vivemos na vida. O Grêmio vai passar por isso, vamos sofrer um pouco, mas teremos alegrias. Estou em casa, me sinto bem e eu gosto. É difícil a situação atual, mas também é boa. Quero mostrar pra todo mundo e para os meus jogadores que estou vivendo esse momento com eles. Vamos viver essa dificuldade, mas seremos muito felizes no futuro”, declarou, ao ser perguntado sobre o que levou a aceitar o convite. 

Sob o comando de Felipão, o Grêmio foi bicampeão da Copa do Brasil em 1994, bicampeão da Libertadores em 1995 e bicampeão brasileiro em 1996, além de conquistar a Recopa Sul-Americana no mesmo ano. Depois de conquistar a Copa do Mundo de 2002 e comandar o Brasil na Copa de 2014, o técnico retornou ao Tricolor no mesmo ano, iniciando, em 2015, a construção do time que viria a ser pentacampeão da Copa do Brasil. O técnico comentou também sobre as estratégias que deve utilizar para tirar o Grêmio da situação atual Campeonato Brasileiro, ao lado dos auxiliares técnicos, Paulo Turra e Carlos Pracidelli, além de Thiago Gomes, como auxiliar permanente. “O que posso definir é que nós temos que trabalhar, os atletas tem que estar cada dia mais empenhados no trabalho para que a gente consiga recuperar algumas dificuldades que estão surgindo. Vamos fazer tudo que for necessário, discutir a situação com os atletas e colocar em prática para atingirmos os objetivos. Não vamos no esquecer que temos mais duas competições. Temos que dar ênfase em todas competições. Vamos trabalhar em etapas. Não é de um dia para o outro, e numa vitória simples, vamos mudar gradativamente”, comentou. 


Foto: Lucas Uebel/Grêmio
Luiz Felipe Scolari concedeu entrevista coletiva e falou sobre seu novo momento
Luiz Felipe Scolari concedeu entrevista coletiva e falou sobre seu novo momento