Olhar visionário e a vida comunitária: conheça a trajetória de sucesso de Fábio Borba


Por: Portal Arauto
Publicado 10/07/2021 19:00
Atualizado 10/07/2021 19:02

Feed de Negócios   FEED DE NEGÓCIOS

Desde muito jovem, Fábio Borba optou por buscar alternativas próprias para construir uma trajetória sólida e ter autonomia financeira. O espírito empreendedor aguçado do atual presidente da Associação de Entidades Empresarial de Santa Cruz do Sul (Assemp) sempre o fez enxergar oportunidades nos mais diversos segmentos. E o resultado disso? 61 anos de vida e uma história repleta de trabalho voluntário em prol da comunidade santa-cruzense.

De todas as experiências profissionais que passou, Borba relembra com muito carinho da primeira delas, quando ainda estava no ensino médio. “Eu tinha colegas de aula que, nas férias, faziam trabalhos autônomos como peão nas lavouras da região, quebrando pendão de milho para o Proagro Pioner e assim, ganhavam um troco. Então eu passei a gostar da ideia e comecei a fazer essa atividade também para ganhar meu próprio dinheiro”, afirma.

No entanto, apesar do meio rural ainda ser algo muito significativo, foi no setor imobiliário que o administrador construiu uma carreira de sucesso. Iniciou na Imobel, empresa que tem o pai – Antônio Manuel de Borba - como um dos fundadores e por lá, atou durante vários anos. Com o desejo de desfrutar diferentes áreas, decidiu abrir empresas como uma metalúrgica e um restaurante, mas era no ramo imobiliário onde ele se realizava. “Quando meu pai desfez a sociedade, optamos por abrir uma empresa familiar, a Borba Imóveis, onde fui sócio por 28 anos”, salienta o empresário, que hoje administra, ao lado de mais dois colaboradores, a Imobiliária Unimóveis.

Somada a caminhada no meio empresarial, Fábio Borba sempre esteve inserido de alguma forma nas comunidades. Durante a passagem pela Associação dos Jovens Empreendedores de Santa Cruz (AJESC), o jovem teve uma conversa com uma das lideranças da cidade que foi, segundo ele, o passaporte de acesso às demais entidades. “Um dia conversando com o Raul Kothe, que era presidente da ACI na época, fui muito crítico com ele e passei a dar ideia do que eles poderiam fazer na dentro da associação para melhorar. E ele me deixou falando. Quando terminei, ele me olhou e disse: a partir de amanhã, tu vai fazer parte da minha diretoria. Quero ver colocar tudo o que tu está me dizendo em prática. Me surpreendi, mas acredito que foi a minha grande oportunidade", considera.

A partir disso, Borba passou a colher bons frutos devido ao seu olhar visionário. Além de assumir cargos em outras importantes entidades, participou da criação da Assemp em 1996 e ainda, no mesmo ano, presidiu a 12ª edição da Oktoberfest. Por lá, também deixou marcas do trabalho desempenhado, como a ampliação dos lonões e a permissão para que as bandas pudessem tocar outros ritmos de música além das germânicas o que, conforme ele, contribuiu para a expansão da festa. 

Para o santa-cruzense, que assume a presidência da Assemp pela segunda vez, o empenho do empresariado local é fonte de inspiração. "Eu realmente admiro e valorizo as pessoas que assumiram ter uma empresa como um propósito de vida e, apesar de todas as dificuldades que existem, chegaram no patamar onde estão. Tanto os empresários quanto as lideranças da cadeira produtiva do tabaco, fizeram Santa Cruz do Sul ser o que é hoje", destaca.

Apaixonado pela família e pelo campo: o Fábio Borba fora da vida profissional

Casado com a Rosvita há mais de quatro décadas e pai de Andresa e da Tatiana, Fábio tem a vida no campo com hobby. Possui uma propriedade rural em São José da Reserva onde tem criação de gado e ovelha e é por lá, que passa aos finais de semana junto da família. Além disso, gosta de praticar padel e beach tênis nas horas vagas. Agora, o empresário tem o sentimento de dever cumprido e deseja aproveitar a vida com muita saúde para fazer o que gosta. "Acredito que cumpri a minha missão em termos de trabalho comunitário, em prol da sociedade. Portanto, quero seguir com uma boa saúde para poder viajar e curtir a vida", finaliza.


Foto: Maiquel Thessing/Grupo Arauto
Olhar visionário e a vida comunitária: conheça a trajetória de sucesso de Fábio Borba