RSC-153 recebe marcações para o início das obras de manutenção


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 04/07/2021 10:00

Geral   MANUTENÇÃO

Após o Governo do Estado garantir cerca de R$ 8 milhões de investimento para a recuperação da RSC-153 - trecho de 21 quilômetros entre Vera Cruz e a região Serrana - motoristas já podem observar marcações na rodovia que indicam os pontos onde as intervenções serão realizadas. Para os moradores de Vale do Sol e quem trafega frequentemente pelo local, as melhorias serão importantes, pois irão proporcionar mais segurança para aqueles que utilizam a rodovia.

Conforme o superintendente Regional do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER) em Santa Cruz do Sul, engenheiro Leonardo do Amaral Ribeiro, o início das intervenções está previsto para este mês de julho, e a roçada das margens teve início na última quarta-feira. No entanto, para os trabalhos com asfalto a quente, é necessário que a temperatura não esteja abaixo de 11 graus. 

Mais que um tapa-buracos

Será realizada a fresagem do asfalto nos pontos danificados e remendados, através da remoção de uma camada de cinco centímetros do pavimento danificado, que será recomposto com CBUQ - concreto betuminoso usinado a quente. O DAER explica que não se trata de uma operação tapa-buracos, mas que são remendos feitos no trecho. “São esquadrejados, recebem pintura de ligação e o CBUQ é compactado com rolo compressor. Duram muito mais que se fosse apenas um tapa-buracos”, responde a autarquia. A previsão é de que as obras da RSC-153, no trecho entre Vera Cruz e Barros Cassal, estejam prontas até o final deste ano. Além disso, será feita a pintura do eixo e das bordas da rodovia.

O desgaste do pavimento, explica o DAER, se deve ao fato das rodovias possuírem uma vida útil determinada e devem, ao longo do tempo, sofrer intervenções de manutenção. “Fatores como o excesso de peso contribuem para acelerar o processo de desgaste”, completa o engenheiro. O recurso disponibilizado, de R$ 8.159.735, permite somente a recomposição dos trechos mais degradados. Os serviços serão realizados em uma pista de cada vez, apenas com interrupção parcial do trânsito de veículos.

Pressão para acontecer

O prefeito de Vale do Sol e presidente da Amvarp, Maiquel Silva, acredita que a pressão de lideranças regionais junto ao DAER e a Secretaria de Transportes e Logística do Estado, para que os órgãos “olhassem com mais atenção para a nossa rota de exportação” surtiu efeito porque, segundo ele, foram várias as manifestações anteriores solicitando o pleito, exaltando o descaso com a rodovia, até então sem sucesso. Agora, a articulação mais ampla, diz Maiquel, motivou retorno positivo e rápido, já com a demarcação feita. “Vemos com olhos positivos esta preocupação com as melhorias para evitar acidentes. É um tráfego muito intenso de caminhões. Se já é ruim durante o dia, imagina de noite ou nos dias de chuva, andar neste trecho com tantos buracos”, comenta Maiquel, satisfeito com a união de esforços da região para que as melhorias acontecessem em 21 quilômetros entre Barros Cassal e Vera Cruz.


Foto: Carolina Almeida / Jornal Arauto
Asfalto danificado tem causado prejuízos aos motoristas
Asfalto danificado tem causado prejuízos aos motoristas