Irmãos na vida e adversários no campo


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 08/06/2021 19:00

Esportes   FUTEBOL

Mesmo estando em lados opostos, os irmãos João Ricardo, o JB, de 36 anos, e Danilo Bueno Lemes, o Pepo, de 41 anos, trabalharam juntos no jogo da Recopa Gaúcha. Danilo é roupeiro do Grêmio, enquanto JB é massagista do Galo. Os dois começaram cedo no esporte, por influência do pai, que há mais de 40 anos também trabalha com futebol, ele é funcionário do Grêmio.

O massagista conta que apesar de rivais, o que fica é a família e a admiração de um pelo outro. “Ele, acima de tudo, é meu amigo, meu irmão, meu parceirão, toda vez que a gente tem uma oportunidade, vou para Porto Alegre. Saímos, nos encontramos. Agora, com a pandemia do coronavírus, estamos mais por casa, mas todo final de semana conversamos e sempre que podemos nos encontramos. Ele também me acompanha, no ano passado assistiu todos os jogos da Copinha. Um está sempre brincando com o outro”, explica orgulhoso.

JB, que tem passagens por diversos clubes do Rio Grande do Sul e de fora do Estado, diz ainda que o confronto de domingo foi diferente. “Era uma final, um dos dois teria que sair vencedor, sabíamos disso. Agora que passou eu sei que a minha torcida é por ele e que ele torce por mim. Sábado a noite fomos lá juntos jantar nos meus pais, na véspera do jogo. Os dois falaram, ‘que vença o melhor’, nas outras competições sei que tu torce por mim e que eu torço por vocês!”, conclui.

Ainda com futuro indefinido, pois tem contrato com o Santa Cruz até o final da Segundona Gaúcha, JB segue o trabalho, com influência nata do pai e do irmão, inspirando os mais jovens, como o colega e roupeiro do Galo, Lucas Hermany.


Foto: Rafael Cunha/Grupo Arauto
JB e Pepo estiveram de lados opostos na final da Recopa Gaúcha
JB e Pepo estiveram de lados opostos na final da Recopa Gaúcha

Foto: Rafael Cunha/Grupo Arauto
Irmãos na vida e adversários no campo