Polícia Civil indicia homem por homicídio culposo em caso de acidente com morte na BR-471


Por: Portal Arauto
Publicado 02/06/2021 17:21
Atualizado 02/06/2021 18:18

Polícia   SANTA CRUZ

A equipe da 2ª Delegacia de Polícia Civil de Santa Cruz do Sul concluiu o inquérito que apurava as circunstâncias da morte do motociclista Rodrigo Grehs e Silva, fato ocorrido no dia 2 de abril, na BR-471, em Santa Cruz. A vítima, moradora de Venâncio Aires, seguia de moto pela rodovia quando foi atingida por uma caminhonete, que seguia no sentido contrário. Com a conclusão do inquérito, o motorista da caminhonete, um homem de 65 anos, foi indiciado por homicídio culposo.

Conforme o titular da 2ª DP, delegado Alessander Zucuni Garcia, a investigação comprovou que o motorista da caminhonete Toyota Hilux invadiu a pista contrária ao tentar uma ultrapassagem em local proibido. "Temos quatro testemunhas que viram o acidente e prestaram depoimento, além da perícia feita pelo IGP que aponta para essa situação, dele ter invadido a pista contrária ao tentar uma ultrapassagem. Além desse material o próprio registro feito pela Polícia Rodoviária Federal no dia do acidente segue essa linha", pontua.

Durante o período de investigação, quatro testemunhas foram ouvidas, além da tomada de depoimento do motorista da caminhonete. De acordo com o delegado, o homem, que não teve a identidade divulgada, optou por ficar em silêncio. Ele irá responder em liberdade. 


Foto: Arquivo/Portal Arauto
Vítima morreu na hora
Vítima morreu na hora