Prefeitura de Santa Cruz estuda buscar parceria com o Exército para duplicação da BR-471


Por: Portal Arauto
Publicado 03/06/2021 07:00

Geral   DESENVOLVIMENTO

A fim de garantir o sucesso da duplicação da BR-471, a Prefeitura de Santa Cruz do Sul inicia a busca por parcerias inclusive para a execução da obra. Uma delas, conforme adiantou a prefeita Helena Hermany, deverá ser feita com o Exército. Atualmente, os militares são responsáveis pela execução das obras da BR-116, por exemplo, o que traz velocidade e menos burocracia para o processo. Segundo a prefeita, o objetivo é mobilizar todas as forças possíveis para possibilitar a iniciativa. As tratativas com o Exército, porém, ainda não iniciaram.

Conforme Helena, a intenção também é conseguir parcerias financeiras, pois os recursos obtidos até então, R$ 20 milhões, são suficientes apenas para a duplicação de metade do trecho urbano da rodovia. "Nós precisamos captar mais para que possamos chegar até o término da duplicação do trecho urbano da BR-471. Por isso, queremos fazer parcerias tanto nacionais - como com o Exército - quanto regionais a partir de empresas. O desenvolvimento do município não depende apenas do município em si, mas depende de toda a região. Ainda mais Santa Cruz, que é uma cidade polo. Então, o desenvolvimento daqui irá influenciar em tantos outros municípios", diz.

Outro ponto que a chefe do Executivo destaca é o escoamento da produção da região. "Os produtos de Vale do Sol, Candelária, de toda a região da serra, todos passam pela BR-471. Essa via é muito importante, pois ela é de ligação", comenta.

Duplica 471 busca recursos para projeto

Antes da execução, a Assemp lançou na última terça-feira (1º) uma campanha de arrecadação de recursos para o projeto. Assim como a procura por apoios para a execução, o foco do Duplica 471 é encontrar empresas parceiras, como destaca o vice-presidente Administrativo-Financeiro da Associação de Entidades Empresariais de Santa Cruz do Sul (Assemp), Lucas Rubinger, concorda. "Hoje, por exemplo, um profissional que se desloca de Venâncio Aires para trabalhar em Rio Pardo passa pela BR-471. Então, todas as forças e as empresas que puderem nos ajudar a duplicar esse trecho, dando maior segurança para as pessoas e velocidade para a logística, são bem-vindos. Todos os municípios serão beneficiados", conclui. 

Além disso, Rubinger pontua outros dois pontos importantes do investimento: geração de empregos e redução de acidentes. "Esse trecho, mesmo que pequeno, em momento de alto fluxo tranca e o risco de acidentes acontece. Além disso, com a valorização da região a ser duplicada, novas empresas devem se instalar aqui e novos empregos devem ser gerados. Vai gerar renda com segurança. Por isso, convido todos os empresários, de qualquer região, que façam contato com a Assemp. Precisamos ser protagonistas do desenvolvimento do nosso município", incentiva. 

Leia mais: Assemp lança campanha de arrecadação de recursos para o projeto Duplica BR-471


Foto: Arquivo/Portal Arauto
Trecho urbano da BR-471 será duplicado
Trecho urbano da BR-471 será duplicado