O que diz Alberto Heck sobre novo vídeo que circula nas redes sociais


Por: Portal Arauto
Publicado 02/06/2021 08:26
Atualizado 02/06/2021 08:47

Política   POLÍTICA

Após a polêmica e grande repercussão da fala do vereador Alberto Heck (PT) durante protesto realizado no último sábado (29) contra Jair Bolsonaro, outro vídeo do político falando sobre o episódio da facada no presidente circula pela internet. 

No último fim de semana, o vereador santa-cruzense disse que o Governo de Jair Bolsonaro se especializou em criar notícias falsas. Ainda ressaltou: "Começou com o teatro da facada do mito, porque se não fosse um teatro mal ensaiado, por sinal, nós só teríamos que dizer 'Adélio, seu imbecíl por ter errado'. Nós poderíamos estar livres desse mal". A manifestação de Heck - que foi gravada em vídeo durante o protesto - tomou grande proporção, tanto que chegou ao conhecimento dos filhos do presidente Jair Bolsonaro que mostraram o descontentamento nas redes sociais.

Com a repercussão da fala, o vereador divulgou uma nota oficial e confessou ter se tratado de um comentário infeliz. Além disso, disse que jamais defendeu o ódio ou desejou a morte de alguém e lamentou ataques que a sua família vem sofrendo. Clique aqui e confira a nota divulgada por Heck. 

No entanto, em um outro vídeo que circula nas redes sociais, Alberto Heck também menciona a facada sofrida pelo presidente em 2018 e alega que o ocorrido se trata de uma "grande farsa"."Eu pensava há poucos dias que eu tinha que fazer um poema e uma música do Adélio, infeliz do Adélio. O Adélio ou foi muito mal treinado ou foi muito incompetente, porque o rumo da história do Brasil poderia ser outro. Eu ainda tenho aquele dia, aquela data e aquele acontecimento de Juiz de Fora como uma grande farsa. Quem tiver a oportunidade de assistir o vídeo, da facada do mito, já vai ter oportunidade de conhecer como ele iniciou todo esse processo de comoção e mentira para a população brasileira".

Contatado pela reportagem do Portal Arauto, o vereador afirmou que trata-se de uma fala realizada na noite da última sexta-feira (28), onde faz uma relação com o que classifica de "teatro mal ensaiado". Quanto ao fato da repercussão do material, Heck disse que buscará identificar quem e por que está espalhando o conteúdo. "O vídeo foi postado e está circulando porque querem fazer um linchamento político pessoal e do partido. Vamos ter que identificar quem faz as postagens e saber qual é o objetivo. Quem as pesquisa, quem as recorta e quem as multiplica, deve ter seus motivos", salienta.


Foto: Divulgação
Outro vídeo de Alberto Heck falando de Bolsonaro circula nas redes sociais
Outro vídeo de Alberto Heck falando de Bolsonaro circula nas redes sociais