Criado Consulado Feminino Gremista em Vera Cruz


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 01/06/2021 19:00

Esportes   CONSULADO GREMISTA

Na luta por maior representatividade feminina no mundo do futebol, a servidora pública e consulesa gremista Jeane Nicolay, de 34 anos, deu o pontapé inicial em um projeto que pode consolidar a força da mulher gremista em Vera Cruz. Antes da iniciativa de Jeane, havia apenas o Consulado masculino no município. Mas agora, terá a companhia das torcedoras gremistas para representar o tricolor na Capital das Gincanas.

Gremista desde sempre

Criada em um família dividida pela rivalidade Gre-Nal, Jeane conta que foi influenciada pelos irmãos a torcer pelo Grêmio. “Venho de uma família Gre-Nal, mas eu sou gremista desde criança, por influência da minha irmã e do meu irmão, que são mais velhos que eu”, comenta a consulesa, que revela ter vivido os anos dourados da equipe gremista, quando conquistou títulos como a Libertadores de 1995, Brasileirão em 1996 e ainda a Copa do Brasil em 1994 e 1997. “Essas conquistas fizeram com que o amor pelo time só crescesse cada vez mais. Pude acompanhar partidas de jogadores que ficaram na história do clube, como Danrlei, Paulo Nunes, Jardel, que tinham como comandante o Felipão”, relembra.

No entanto, não foram apenas os momentos de glórias que a torcedora gremista passou, pois durante a década de 2000, o clube teve diversos problemas  que resultaram em um rebaixamento. “Passei por toda a fase ruim da equipe, como o  rebaixamento, muitos anos sem título, mas eu sempre estive lá, firme, apoiando o time e escutando todas as piadinhas possíveis dos amigos e familiares que torcem pelo arquirrival”, salienta Jeane, que afirma ter se emocionado com a final da Copa do Brasil em 2016, o primeiro jogo após o acidente da Chapecoense. “Me arrepio e me emociono até hoje quando lembro das homenagens antes do início da partida”, conta a gremista. Na oportunidade, o Grêmio se sagrou campeão da Copa do Brasil ao empatar em 1 a 1 com a equipe do Atlético-MG na Arena.

Força da mulher no futebol

Atuante em diversas frentes, Jeane destaca que a criação de um consulado no Município tem como principal objetivo gerar o envolvimento de mulheres gremistas, buscando promover assim a amizade e o fortalecimento feminino no futebol. “Um dos intuitos dos consulados femininos é fazer com que a mulher seja ouvida e se sinta representada. Espero que a gente alcance esse objetivo com a criação do nosso Consulado Gremista Feminino em Vera Cruz”, frisa.

Sobre uma presença cada vez maior das mulheres no futebol, Jeane afirma ser uma conquista, pois durante muito tempo o esporte era restrito apenas aos homens. “Até alguns anos atrás o futebol era proibido, por lei, para mulheres. Então, é uma quebra de paradigmas e de cultura enorme. Com a crescente dos times femininos de futebol, acho que dá mais força e confiança para as mulheres. A gente tem que parar de rotular que existem coisas de homem e de mulher. Tudo é de todos, e tem que haver respeito nas escolhas de cada um”, salienta a representante gremista, que participa do Núcleo  Feminino Gremista, que tem participação de mulheres de todo o Brasil.

Como se associar

Para se tornar sócia  ou obter mais informações, o contato é através do Instagram do Consulado, @cfgveracruz ou @jeanenicolay. A gremista afirma estar em busca de sócias para serem credenciadas como Consulesas Adjuntas no Grêmio. Sobre o projeto, está confiante. “O Grêmio representa felicidade, união e lembranças boas. O clube está me proporcionando unir mulheres para fazer o bem e serem reconhecidas por isso. Espero que dê certo. Juntas seremos mais fortes”, conclui Jeane.

 


Foto: Arquivo Pessoal
Jeane acompanha o Grêmio desde criança
Jeane acompanha o Grêmio desde criança