RS é reconhecido como zona livre de aftosa sem vacinação


Por: Portal Arauto
Fonte: Portal Arauto e Gaúcha ZH
Publicado 27/05/2021 11:19
Atualizado 27/05/2021 11:30

Geral   ECONOMIA

O Rio Grande do Sul foi reconhecido internacionalmente nesta quinta-feira (27) como zona livre de febre aftosa sem vacinação. O novo status sanitário, confirmado durante assembleia geral da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), representa uma conquista histórica e traz consigo a promessa de grandes negócios. Afinal, o Estado Gaúcho pode ampliar em US$ 1,2 bilhão ao ano exportações de carne.

A expectativa também é de que o Estado possa alcançar novos mercados para a carne bovina, além de ampliar sua participação onde já está presente com a carne suína, para os quais poderá comercializar também os cortes com ossos. Conforme a secretária estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Silvana Covatti, a novidade tem potencial para abrir mercados como Japão, Coreia do Sul, México, Estados Unidos, Chile, Filipinas, China (carne com osso) e Canadá, alcançando até 70% dos compradores mundiais.

Para alcançar a zona livre de febre aftosa, o governo estadual investiu cerca de R$ 10 milhões na contratação de pessoal, aquisição de veículos e ajustes no sistema de inspeção sanitária, com reorganização das estruturas regionais.


Foto: Fernando Dias/Seapi
Com a classificação, Estado gaúcho pode ampliar em US$ 1,2 bilhão ao ano exportações de carne
Com a classificação, Estado gaúcho pode ampliar em US$ 1,2 bilhão ao ano exportações de carne