Especial Dia da Indústria: período também é de novos investimentos


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 25/05/2021 16:00
Atualizado 25/05/2021 16:21

Geral   25 DE MAIO

Já não é novidade que a pandemia do novo coronavírus impôs inúmeros desafios às empresas de diversos segmentos em todo país. Porém, mesmo neste momento complicado, que exigiu adaptação ao cenário econômico e aos protocolos de segurança, teve quem também deu a volta por cima e resolveu apostar, até mesmo em novos investimentos. 

A exemplo, a JBS, segunda maior empresa de alimentos e maior de proteína do mundo, anunciou o investimento de R$ 1,7 bilhão em sete fábricas no Rio Grande do Sul até 2023. Os investimentos incluem expansão e melhorias em suas unidades em sete cidades, entre elas Santa Cruz do Sul, através da Excelsior Alimentos. O objetivo é atender as demandas dos mercados interno e externo, tanto para produção de proteína in natura quanto de alimentos preparados.

Como parte deste investimento, a Excelsior Alimentos está operando desde abril com um novo centro de distribuição na terra da Oktoberfest, e iniciou as obras de ampliação da sua fábrica, localizada no bairro Arroio Grande. A projeção é de que a ampliação seja concluída ainda neste ano.

Desta forma, a empresa terá um aumento da capacidade de produção, além de que recursos também serão investidos na modernização de equipamentos. Por sua vez, com as melhorias se ascende a expectativa de geração de empregos, ainda sem número de vagas definido pela Excelsior. Essas contratações devem ocorrer conforme os investimentos forem sendo concluídos. 

CONHEÇA A EMPRESA

A Excelsior Alimentos trabalha com uma linha de produtos que inclui salsichas, patês, pizzas, lasanhas, linguiças, presuntos, pão de queijo, entre outros. A distribuição dos alimentos tem como foco a região sul do país, incluindo os três estados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Contudo, também há clientes em São Paulo, no Mato Grosso do Sul e em Rondônia.

NOVOS POSTOS DE TRABALHO NO ESTADO

Até 2023, a JBS deve gerar 2,7 mil novos postos de trabalho no estado gaúcho, onde já possui 18 mil colaboradores, que atuam em unidades produtivas e granjas em 25 cidades. Somente em 2020, a empresa contratou 1,7 mil pessoas na região.

No Rio Grande do Sul, as operações da JBS ainda contam com uma rede de 2,8 mil produtores integrados, que fornecem matéria-prima para a empresa e movimentam economicamente as regiões do entorno de suas fábricas. No ano passado, a JBS investiu mais de R$ 270 milhões no estado e o planejamento para o triênio até 2023 indica que a região seguirá determinante para a produção global de alimentos. “Como umas das maiores empresas globais do setor, os investimentos da JBS comprovam o papel fundamental do Rio Grande do Sul como polo de produção de alimentos que chegam a diferentes partes do mundo”, afirma o presidente da JBS América do Sul e da Seara, Wesley Filho.

 


Foto: Arquivo Portal Arauto
Excelsior Alimentos opera desde abril com um novo centro de distribuição e iniciou as obras de ampliação da sua fábrica
Excelsior Alimentos opera desde abril com um novo centro de distribuição e iniciou as obras de ampliação da sua fábrica