União Corinthians avança de fase com melhor campanha geral


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 04/05/2021 09:40
Atualizado 04/05/2021 09:49

Geral   BRASILEIRO DE BASQUETE

O retorno em nível nacional do basquete adulto no União Corinthians não poderia ter começado de melhor forma. Após disputar dez partidas na primeira fase da Conferência Hélio Rubens Garcia, a equipe santa-cruzense terminou na liderança de seu grupo e ainda emplacou o topo da tabela na classificação geral. A campanha da equipe comandada por Athos Calderano foi de oito vitórias e duas derrotas. As derrotas ocorreram para NBPG Ponta Grossa por 94 a 89 na segunda rodada do primeiro turno  e na oitava rodada do returno para o Londrina Predial por 86 a 83. 

A classificação da Conferência Hélio Rubens Garcia ficou com o União Corintians em primeiro com 18 pontos, em segundo o NBPG Ponta Grossa 18 pontos, terceiro o Joinville 16 pontos, quarto Londrina Predial 14 pontos, quinto Brusque com 13 pontos e na última colocação ADRM Maringá com 11 pontos. Já na Conferência Gerson Victalino a liderança ficou com a equipe do Basket Osasco com 18 pontos, em segundo o Fla Blumenau com 18 pontos, em terceiro o Botafogo com 16, quarto Anápolis Vultures 14 pontos, quinto Blackstar Unisociesc  13 pontos e na última  colocação da chave o Vila Nova AEGB com 11 pontos. Em cada conferência, os dois primeiros colocados se classificaram diretamente para as quartas de final.

 As outras equipes que não conseguiram se classificar de forma direta terão que realizar uma repescagem, em jogo único, no dia 15 de maio para tentarem se manter na competição. Os confrontos da repescagem serão: Joinville (3º Hélio) x Vila Nova (6º Gerson), Botafogo (3º Gerson) x Maringá (6º Hélio), Londrina (4º Hélio) x Black Star (5º Gerson) e Anápolis Vultures (4º Gerson) x Brusque (5º Hélio). Quem vencer destes confrontos vai para as quartas de final, que serão disputadas por melhor de três jogos, durante os dias 17 a 19 de maio. 

Bons resultados

Conforme o diretor de basquete do União Corinthians, Diego Puntel, a equipe corinthiana fez uma primeira fase muito boa e cresceu durante a competição. Para as fases eliminatórias, o diretor  tem expectativa de que a equipe continue apresentando um bom rendimento.  “A projeção é muito boa e positiva. Vamos ter jogos muito difíceis e com certeza o grupo está muito unido, ainda mais com os resultado que estamos obtendo. Temos entendimento de que serão jogos complicados e precisamos estar preparados”, frisa o diretor, que  revela estar satisfeito com o grupo de atletas que foi montado para o retorno às competições. “O técnico Athos realizou a seleção dos atletas para a competição com um trabalho de monitoramento/análise de jogadores rodados e jovens para compor a equipe para a Liga de Desenvolvimento de Basquete no segundo semestre. Optamos por fazer uma equipe jovem, com atletas locais da base e alguns experientes”, ressalta Puntel.

Por conta da pandemia, o diretor lamenta a impossibilidade de ocorrerem jogos em Santa Cruz do Sul com a presença da torcida. “A Confederação Brasileira de Basquete (CBB) optou por fazer jogos em uma única sede para que se possa ter um maior controle de atletas e comissão técnica em relação aos protocolos sanitários. Infelizmente a gente não pôde realizar jogos no Poliesportivo para a nossa comunidade, isso fazia parte do sonho nesse nosso retorno”, frisa.

Experiência no banco

Toda boa equipe começa por um bom comandante. No caso do União Corinthians, o responsável por levar a equipe aos bons resultados é Athos Calderano. Segundo o treinador, os resultados positivos estão diretamente relacionados com uma boa pré-temporada realizada pela equipe santa-cruzense. “A pré-temporada foi muito boa, tivemos um bom planejamento e estamos colhendo os frutos disso”, destaca Calderano, que afirma ser a parte coletiva o principal trunfo da equipe nessa primeira fase. “Toda equipe tem seus valores individuais, mas a gente prioriza o grupo. Na primeira etapa tivemos a ausência de três jogadores titulares, e mesmo assim nosso grupo não deixou de ser competitivo. O basquete é coletivo e o que prevalece sempre vai ser o coletivo. Mesmo que tenhamos destaques  individuais, eles só vão ter êxito se o coletivo funcionar”, destaca o comandante da equipe santa-cruzense.


Foto: Divulgação CBB
Enzo Cafferata foi um dos destaques da equipe
Enzo Cafferata foi um dos destaques da equipe