Mulher assume ter matado marido e abandonado corpo em meio a matagal em Venâncio Aires


Por: Portal Arauto
Publicado 28/04/2021 16:24
Atualizado 28/04/2021 16:45

Polícia   EM DEPOIMENTO

Após cinco meses de investigação, a Polícia Civil de Venâncio Aires conseguiu apontar o autoria do crime que vitimou um homem de 37 anos, encontrado morto em Linha Cipó, no dia 19 de novembro do ano passado. O homem, que só teve a identidade confirmada após exame de DNA em função do avançado estado de decomposição, teria sido morto pela esposa..

Conforme o titular da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Venâncio Aires, delegado Vinicius Lourenço de Assunção, a autora do crime admitiu em depoimento na manhã desta quarta-feira (28) ter cometido o assassinato. O motivo, segundo ela, seriam os atos violentos do marido contra ela e sua filha, menor de idade.

Durante o depoimento, a mulher detalhou que o assassinato ocorreu na madrugada do dia 24 de outubro do ano passado, dentro da residência do casal, cometido através de dois disparos de arma de fogo efetuados enquanto o homem dormia. Segundo apurado, o corpo teria permanecido por mais de doze horas na residência da família. Após foi enrolado em uma lona e transportado no veículo Montana, que pertencia ao casal, até Linha Cipó. A própria companheira foi a responsável pelo transporte do corpo, abandonado posteriormente em um local de mata.

Além do depoimento revelador, a arma do crime, um revólver calibre 38, foi apreendida também nesta quarta. Segundo o delegado Vinícius Lourenço de Assunção, o crime é grave e a polícia já possuía fortes evidências do envolvimento da companheira da vítima. "Agora, com a confissão, o inquérito deverá ser concluído nos próximos dias e remetido ao Poder Judiciário. A questão será levada ao tribunal do júri popular, por se tratar de crime doloso contra a vida, cabendo a este decidir sobre o caso", disse.

A autora do crime, de 36 anos, não possui antecedentes policiais. O nome dela não foi divulgado.


Foto: Divulgação
Cadáver foi localizado em avançado estado de decomposição
Cadáver foi localizado em avançado estado de decomposição

Foto: Divulgação
Arma usada no crime foi apreendida
Arma usada no crime foi apreendida