15 de setembro: a data que virou história, avenida e até uma festa em Vale do Sol


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 24/04/2021 11:00

Geral   CURIOSIDADE

No mapa de Vale do Sol há uma via que chama muito a atenção: a Avenida 15 de Setembro. É um dos trechos mais movimentados do município. Vai do campo à urbanidade. Concentram-se nela inúmeras moradias, pontos comerciais, entre outros. Mas você sabe qual foi a inspiração para o nome desta rua? O que aconteceu de tão importante neste dia que resultou em uma homenagem?

De fato, foi uma das datas que marcaram a história política e cultural de Vale do Sol – que naquela época ainda se chamava Trombudo. Por isso, a avenida foi batizada de 15 de Setembro, em homenagem a um acontecimento marcante. Tanto que até uma festa – estilo Oktoberfest – foi criada para celebrar o dia. A Avenida 15 de Setembro também se tornou uma das ruas mais famosas do município.

Com a chegada dos primeiros imigrantes alemães, através de Rio Pardo, em dezembro de 1849, começou a ocupação das terras que, mais tarde, em 28 de setembro de 1877, foram elevada à condição de Município de Santa Cruz. A partir de então, Santa Cruz foi administrada por um conselho municipal contendo sete pessoas eleitas periodicamente. O candidato mais votado era o presidente, como se fosse um prefeito, os demais eram conselheiros municipais, como representantes dos seis distritos da cidade. A região de Trombudo, nome anterior ao de Vale do Sol, nunca teve uma liderança sua figurando como conselheiro.
Naquela época, os atuais municípios de Vera Cruz, antiga Vila Teresa, e Vale do Sol formavam um mesmo distrito – até 15 de setembro de 1924.

Até essa data, os atuais municípios de Vera Cruz e Vale do Sol formavam um único distrito. No entanto, o dia 15 de setembro marca a separação e o desquite político entre Vila Teresa e Trombudo, quando a região foi elevada à condição de vila, criando-se o sétimo distrito de Santa Cruz do Sul. 

O professor de história, geografia, filosofia, sociologia e escritor Ireno Finkler conhece bem o passado. Finkler também foi o presidente da comissão emancipacionista de Vale do Sol, em 1991. Ele é um dos responsáveis por resgatar e manter viva as histórias culturais do município. Ele destaca que o dia 15 de setembro de 1924 é um marco histórico para a cidade, com a criação do sétimo distrito. “67 anos depois, através do voto popular, Trombudo foi transformado no município de Vale do Sol, em 10 de novembro de 1991”, lembra. 

Entre os anos de 1877 e 1944, Vale do Sol pertencia a Santa Cruz. “Somente com o governo de Getúlio Vargas foi adotado o atual nome Santa Cruz do Sul, com a eleição do primeiro prefeito, vice-prefeito e da primeira legislatura, com a eleição e posse dos primeiros vereadores”, conta Ireno.

Para o historiador, a data relembra quando a região de Vale do Sol olhou para o seu passado ligado a Vila Teresa e percebeu que poderia dar um passo avante. “Isso aconteceu pelo fato de Vale do Sol ter se desenvolvido economicamente e politicamente, tanto em população, quanto em produção agrícola, ambos em crescimento. Foi também um avanço cultural, na maneira de pensar e de ser valorizado”, destaca. 
Naquele período, a população pedia mais escolas e por melhorias na área da saúde. Ireno salienta que somente em 1939 surgiram as primeiras escolas públicas estaduais. “A data engrenou para que o município de Vale do Sol fosse criado adiante”, enfatiza. Anos depois, na região do sétimo distrito, já haviam olarias, padarias, fábrica de chinelos e de vassouras, açougues, ferrarias e marcenarias, serrarias, sapatarias, alfaiates, barbeiros, dentistas, parteira, farmácia, médico, entre outros avanços e ascensões. 

A AVENIDA

Conforme o professor, a Avenida 15 de Setembro é a via pública mais movimentada e extensa de Vale do Sol, com três mil metros de extensão. Corta o perímetro urbano de norte a sul. Ela se conecta à Faxinal de Dentro e outras localidades até a RSC-287. A pavimentação de acesso ao centro do município deu-se em junho de 1983, com um total de 12 quilômetros pavimentados com bloquetes de concreto. “Foi um impulso de progresso e desenvolvimento”, reforça. 

O logradouro é, portanto, uma homenagem à separação entre Vila Teresa e Trombudo. “Naquele tempo de distrito foi dado o nome de Avenida 15 de Setembro ao trecho entre a entrada de Rio Pardense até a Igreja Centenária. Recentemente, houve a criação do plano diretor, com o aumento da área urbana, e a citada avenida teve o seu prolongamento até a ponte sobre o Arroio Cristina”, realça Finkler. 

Ainda de acordo com o escritor, a importância da rua para o município de Vale do Sol é gigantesca. “Grande parte da produção agrícola é escoada pela avenida. Boa parte dos estabelecimentos comerciais e industriais estão sediados também nesta via e em suas ruas adjacentes, além de igrejas, casas históricas e cemitérios antigos”, destaca. 

Ao longo do caminho, além das residências urbanas, é possível observar uma sequência de propriedades familiares agrícolas bastante produtivas, com cultivos de soja, milho, tabaco, morangos em estufas, produção leiteira, entre outras atividades. “A avenida se reveste de importância histórica ao nosso município”, frisa. 

SEPTEMBERFEST

Em seu último livro intitulado “A História da Emancipação de Vale do Sol”, Ireno conta sobre a Septemberfest em Trombudo. “Que vem antes da Oktoberfest”, acentua, referindo-se ao mês que sucede a festa. A primeira e única edição do evento foi realizada em 1991, dentre as atividades programadas visando a emancipação de Vale do Sol, com plebiscito marcado para 10 de novembro do mesmo ano, data de aniversário do município, para comemorar a data de 15 de setembro de 1924. “Enquanto Santa Cruz do Sul estava nos preparativos de mais uma edição da Festa da Alegria, os emancipacionistas organizavam um grande desfile com a participação das escolas, sociedades, empresas, entidades e muitos carros alegóricos em Vale do Sol”, lembra. 

Na programação, além do grande desfile, houve a escolha da Garota Estudantil e atividades culturais referentes à Semana Farroupilha. “A primeira edição da festa foi um sucesso total. Por esse motivo, tenho um grande sonho em realizar a segunda edição da Septemberfest em 2024, para comemorar os 100 anos de criação do sétimo distrito de Trombudo, que hoje é nosso querido Vale do Sol”, ressalta. 
O intuito da criação do município de Vale do Sol surgiu pela vontade de pessoas em aderir à independência em relação ao município-mãe, Santa Cruz do Sul. Isso posto, Vale do Sol possui duas grandes datas marcantes em sua história: 15 de setembro e 10 de novembro, dias em que o município subiu mais um degrau rumo ao seu progresso. 

 

 


Foto: Caroline Moreira/Jornal Arauto
Placa com o logradouro está situada bem no centro do município, próxima à Prefeitura Municipal e ao comércio
Placa com o logradouro está situada bem no centro do município, próxima à Prefeitura Municipal e ao comércio