Começa 2ª edição do Curso de Formação de Cuidadores de Idosos


Por: Portal Arauto
Fonte: Assessoria de Imprensa
Publicado 19/04/2021 19:47
Atualizado 19/04/2021 19:49

Geral   EDUCAÇÃO PÚBLICA

A segunda edição do Curso de Formação de Cuidadores de Idosos, organizado pela Secretaria da Saúde (SES) por meio da Escola de Saúde Pública (ESP), em parceria com a Política de Saúde da Pessoa Idosa/Divisão das Políticas dos Ciclos de Vida (DAPPS), começa nesta segunda-feira (19), com a participação de 57 alunos.

O curso tem como objetivo formar cuidadores de idosos (familiares ou leigos de nível médio) pela construção de conhecimentos sobre o envelhecimento e cuidado diário.

Foram selecionados 57 alunos, atendendo aos requisitos descritos do edital. O público-alvo são os cuidadores familiares já atuantes, cuidadores de pessoas idosas institucionalizadas e pessoas da comunidade com interesse pela temática e pela ocupação de cuidador.

A carga horária é de 80 horas, na modalidade Mobile learning híbrida, utilizando o smartphone como tecnologia mediadora dos momentos não presenciais do curso. A interação de todo o momento teórico será remoto. O momento prático ocorrerá presencialmente no laboratório da ESP.

A carga horária do curso, que tem término previsto para 22 de setembro, foi dividida da seguinte maneira:

  • 64 h – capacitação teóricas em 4 módulos composto com aulas seguindo um roteiro de aprendizagem com previsão de duração de 4 horas de atividades;
  • 16 h - capacitação prática em laboratório seguindo o planejamento das normas de Biossegurança.

Segundo Gisleine Lima da Silva, chefe de Divisão das Políticas dos Ciclos de Vida Departamento de Atenção Primária e Políticas de Saúde da SES, “o curso para Formação de Cuidadores da Pessoa Idosa é um projeto estratégico do governo estadual que busca qualificação do cuidado integral com prevenção e promoção em saúde à pessoa idosa”.

Para Karen Cardoso, Diretora Adjunta da ESP, responsável pela proposta híbrida do curso, “é fundamental continuar a oferecer a possibilidade de formação em tempos de pandemia, utilizando da mediação tecnológica e a expertise educacional, o que é uma tradição da ESP”. Segundo ela, a segunda edição conta com algumas novidades como a inclusão de podcasts com convidados, discutindo e complementando as temáticas das aulas.

A ESP, segundo a diretora Teresinha Valduga, cumpre mais uma vez seu papel educacional, atendendo as demandas do mercado de trabalho na formação de cuidadores de idosos. “Esta nova edição se inicia, fortalecendo a Política Estadual da Saúde do Idoso e refletindo a grande preocupação desta gestão da SES com a população idosa, que tem um quantitativo crescente no nosso Estado”.