Mais de 70% dos comerciantes tiveram prejuízo durante o fechamento em Santa Cruz


Por: Portal Arauto
Fonte: Assessoria de Imprensa
Publicado 02/04/2021 09:17
Atualizado 02/04/2021 10:22

Geral   REFLEXOS DO LOCKDOWN

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Santa Cruz realizou um levantamento dos prejuízos dos comerciantes, levando em conta o período de lockdown entre o fim de fevereiro e a segunda quinzena de março. A pesquisa apontou que 71,6% dos entrevistados teve prejuízo com as portas fechadas, enquanto que 28, 9% não teve prejuízos.

O maior índice de lojistas, 23,7% dos participantes, estima um prejuízo de até R$ 10mil; 13,2% estima um prejuízo entre R$ 50 mil a 100 mil; 10,5% de R$ 10 mil a 20 mil; 7,9% entre R$ 30 mil a 50 mil; 5,3% de R$ 20 mil a 30 mil; 5,3% de R$ 100 mil a 200 mil; 2,6% de R$ 200 mil a 300 mil; e 2,6% de R$ 500 mil a 1 milhão. Em relação ao modo como os empresários pretendem amenizar este prejuízo, mais de 40% irá investir em novas estratégias de vendas. Os demais, responderam que terão que demitir funcionários, fazer promoções e negociar com fornecedores.

Segundo o presidente da CDL Santa Cruz, Ricardo Fernando Bartz, o levantamento é um recorte da realidade dos lojistas associados da entidade e de uma realidade geral do comércio. “Mais uma vez, o comércio está pagando caro a conta desta pandemia. Precisamos encontrar uma alternativa para auxiliar os empresários a manter seus empreendimentos em atividade e, em especial, a economia forte”, salienta.

Bartz observa que uma das ações importantes é a flexibilização para reabertura das lojas aos sábados, que é um dia importante para que as pessoas possam fazer suas compras. “Os lojistas estão tendo perdas de receita e faturamento e a flexibilização para reabertura aos sábados seria fundamental para que se possa recuperar parte das perdas”, cita.


Foto: Jacson Stulp/Assessoria de Imprensa
Mais de 70% dos comerciantes tiveram prejuízo durante o fechamento em Santa Cruz