Bebê com AME arrecada R$ 12 milhões para custear tratamento


Por: Portal Arauto
Publicado 27/03/2021 16:42
Atualizado 27/03/2021 16:56

Geral   DOENÇA RARA

Com um ano e sete meses de vida, João Emanuel Rasch Schropfer já tem muitos motivos para comemorar. O bebê, de Lindolfo Collor, diagnosticado com Atrofia Muscular Espinhal (AME) tipo 1, doença degenerativa que atinge os neurônios responsáveis pelos movimentos e pela respiração, poderá realizar o tratamento. Isso porque, após diversas campanhas realizadas em todo o Rio Grande do Sul, a família conseguiu angariar os R$ 12 milhões necessários para o tratamento.

O remédio, considerado o mais caro do mundo, precisa ser aplicado antes dos dois anos de vida. O pai de João, Édio Schropfer, confirmou a reportagem do Portal Arauto, em outubro de 2020, que qianda faltavam R$ 9,7 milhões para atingir o valor do medicamento.

LEIA MAIS: Família de bebê com AME mobiliza internet e busca arrecadar R$ 12 milhões para tratamento

O problema foi descoberto ainda nos primeiros meses quando os pais observaram que o pequeno tinha dificuldade em se movimentar. Nesta sexta-feira (26) após receber a informação de que o valor necessário estava completo, a família fez um vídeo e divulgou através das redes sociais.

Confira o vídeo na íntegra: 


Foto: Divulgação
Família produziu vídeo para as redes sociais para agradecer aos que colaboraram
Família produziu vídeo para as redes sociais para agradecer aos que colaboraram