Feed de Negócios

Romeu Lüttjohann: figura emblemática no comércio de Santa Cruz há meio século


Por: Portal Arauto
Publicado 27/03/2021 18:26
Atualizado 27/03/2021 18:26

Feed de Negócios   FEED DE NEGÓCIOS

Quase 72 anos de vida, mais de 50 no comércio, centenas de experiências, milhares de amigos e nenhuma desavença. Esses são os números que resumem a trajetória brilhante e inspiradora de Romeu Lüttjohann, proprietário da tradicional Romeu Moda Masculina, na Rua Tenente Coronel Brito, no centro de Santa Cruz do Sul. Figura emblemática, conquista não apenas os clientes, mas qualquer pessoa que pela frente de sua loja passa. Com seu sorriso, que agora pode ser percebido mesmo com o uso da máscara, dá boas vindas à comunidade santa-cruzense, fazendo qualquer ida ao centro mais feliz.

Ao receber a coluna Feed de Negócios em sua pequena gigante loja, seu Romeu concedeu sua primeira entrevista em décadas de história e protagonismo. Um momento inédito para ele e especial para todos que poderão contemplar sua caminhada de sucesso. Percurso que começou a ser trilhado na juventude, com seu trabalho na agricultura em Linha Santa Cruz, berço da colonização alemã em que cresceu. Mas se engana quem pensa que seu Romeu trocou a lida no campo diretamente para o comércio de roupas masculinas. Sua vida também foi marcada por diversas profissões.

Entregador de pães, pedreiro, barbeiro, funcionário de padaria e da Secretaria de Vacinação. Por fim, vendedor. E entre uma experiência e outra, muito aprendizado. "Tive muito pouco estudo, mas adquiri ao longo dos anos com experiência e ao lado de amigos", diz. Sua chegada ao mundo empreendedor iniciou entre uma dessas andanças e entre uma partida e outra de futebol de salão no Ginástica. Após um tempo em uma loja de roupas, o universo o levou até o xará Romeu e a Luiz Waechter, proprietários das Lojas Waechter. 

O sucesso que o estabelecimento tinha na época combinava com o talento de Romeu Lüttjohann e foi isso que chamou a atenção na família Waechter. Pelo estabelecimento, passou por diferentes setores até ser promovido a gerente em um novo espaço. Em 1º de abril de 1991, Romeu assumiu a gerência da loja na Rua Tenente Coronel Brito, 639. E de lá nunca mais saiu. Poucos dias depois, após demonstrar o sonho de ter uma loja própria, a surpresa mais alegre: "Romeu, não podemos fazer isso contigo. Vamos te vender a filial! Quero te cumprimentar como novo empresário de Santa Cruz", disseram para ele. E é assim que a história começa a ficar mais parecida com a que conhecemos hoje.

No dia 8 de abril de 1991 ele já iniciava o comando da até então Casa Nova. Com o apoio de muitos amigos, investiu no espaço e percebeu o quanto aquela loja significa para sua vida. Depois de um tempo, a sugestão: "Por que não coloca Romeu Moda Masculina", lhe perguntaram. "Vamos tentar. Depois a gente muda", respondeu. E o nome nunca mudou, apenas se consolidou na história de Santa Cruz do Sul. "Eu tenho muito orgulho do que eu construí. Me dou bem com todos os empresários, tenho um carinho muito especial. Cada um que abre eu passo e desejo boa sorte. Não tenho concorrência com ninguém. Eu amo estar aqui, amo meu trabalho, é um pedaço da minha vida", resume.

Aliás, seu Romeu gosta de dizer que tem três paixões: sua família, sua loja e sua bike. Prestes a fazer 72 anos, o empresário tem quase 20 mil quilômetros rodados de bicicleta. Um esporte intenso que combina com seu modo de trabalhar, em que nunca tirou 30 dias seguidos de férias e que considera as funcionárias como suas próprias filhas. "Adoro estar aqui, estendendo a mão para quem passa, dando um sorriso. Pena que não posso abraçar agora com a pandemia para desejar bom dia. Mas, com essa doença, precisamos ser bem mais fortes, bater de frente e dizer: nós vamos vencer, porque nós já estamos vencendo", ensina.


Foto: Maiquel Thessing/Grupo Arauto de Comunicação
Prestes a completar 72 anos, empresário relembra sua trajetória marcada por grandes experiências
Prestes a completar 72 anos, empresário relembra sua trajetória marcada por grandes experiências