Na Semana Santa, feira é atrativo para a compra do peixe


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 27/03/2021 12:00

Geral   SEMANA SANTA

ASemana Santa, que antecede o Domingo de Páscoa, é permeada de tradições. Entre elas,  o peixe normalmente substitui a carne vermelha no cardápio, que não deve ser consumida em sinal de respeito e penitência, especialmente no feriado da Sexta-feira da Paixão. Uma das formas de fomentar esta tradição é através da Feira do Peixe, que assim como nos últimos anos, em Vera Cruz será realizada no Espaço do Produtor Rural, na rua Intendente Koelzer. Em 2021, a comercialização será realizada entre os dias 30 de março e 1º de abril, das 8 horas até as 19 horas.

Criadores

Realizando a venda de peixes na feira há sete anos, o casal Valmor e Fabiane Regert, da Peixes Regert, sempre esteve envolvido nas ações realizadas no local. Os peixes comercializados durante a Semana Santa são obtidos através da pesca realizada por Valmor e também pela criação própria da piscicultora Fabiane.

Segundo Fabiane, as espécies mais procuradas geralmente são jundiá, carpa e traíra. O movimento, conforme destaca, tem aumentado. “A procura nos últimos anos foi sempre muito grande, não apenas na Semana Santa, mas no mês de março inteiro. Cada ano aumenta mais a demanda”, revela Fabiane, que espera comercializar cerca de mil quilos de peixe in natura. Durante todos os dias da próxima semana, haverá tele-entrega grátis de peixes fritos ou in natura para as cidades de  Vera Cruz e Santa Cruz do Sul.

Outra presença confirmada nas feiras do peixe no município é a de Waldo Blum, da Só Peixes Comércio de Pescados. Com a preparação iniciando com dois meses de antecedência, Blum revela que comercializa todos os tipos de peixe, tendo destaque a procura por traíra e trairão, considerada a  especialidade da peixaria.  

Na semana que antecede a Páscoa, Waldo revela que além dos tradicionais peixes crus é realizada também a venda de peixes fritos em sua peixaria. “Na Semana Santa acabo comercializando o peixe frito também, pois temos uma demanda muito grande deste tipo de pedido. No entanto, fora desta época apenas vendo cru. Na Feira e também no dia a dia, a demanda está maior, a cada ano cresce”, ressalta o pescador profissional.

Realização

A Feira do Peixe 2021 conta com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente de Vera Cruz  e da Emater do município. Conforme o Secretário responsável pela pasta do Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, Diego Halmenschlager, o evento nos últimos anos tem superado as expectativas no que diz respeito às vendas, fazendo com que feirantes comercializem todo o seu estoque de peixes. 

Assim como em 2020, neste ano a Feira terá um dia a mais, para que se evite aglomerações. “Solicitamos que os clientes não deixem para ir no último dia e que também usem máscara, para evitar uma possível contaminação. Ainda, haverá uma pessoa auxiliando com álcool gel na entrada e controlando para não ter muitas pessoas aglomeradas”, finaliza.

Tabela de preços - Semana Santa: 

  • Carpa prateada eviscerada - R$ 14
  • Carpa prateada filé - R$ 26
  • Carpa húngara eviscerada - R$ 16
  • Carpa húngara filé - R$ 26
  • Carpa capim eviscerada - R$ 18
  • Carpa capim filé - R$ 30
  • Traíra eviscerada M - R$ 24
  • Traíra eviscerada G - R$ 26
  • Traíra filé R$ - 36
  • Trairão  R$ - 40
  • Jundiá eviscerado - R$ 18
  • Bolinho cru R$ - 40
  • Cascudo inteiro - R$ 26
  • Cascudo viola - R$ 35
  • Pastel peixe - R$ 4
  • Postas cruas carpa capim - R$ 26
  • Postas cruas cabeça grande - R$ 23
  • Piava eviscerada - R$ 24
  • Piava filé - R$ 32
  • Pintado eviscerado - R$ 16
  • Chapa carpa capim - R$ 26
  • Tilápia filé - R$ 42
  • Toco de tilápia - R$ 30
  • Tilápia eviscerada - R$ 20
     

Foto: Gabriel Fuelber/Jornal Arauto
Valmor e Fabiane Regert comemoram alta demanda de seus peixes
Valmor e Fabiane Regert comemoram alta demanda de seus peixes

Foto: Gabriel Fuelber/Jornal Arauto
Waldo acredita que a procura pelos peixes será alta como nos anos anteriores
Waldo acredita que a procura pelos peixes será alta como nos anos anteriores