Aprovado projeto para auxiliar mulheres em situação de risco em bares e restaurantes de Santa Cruz


Por: Portal Arauto
Fonte: Portal Arauto e Assessoria de Imprensa
Publicado 09/03/2021 09:33
Atualizado 09/03/2021 09:52

Política   POLÍTICA PARA MULHERES

O projeto para que bares, restaurantes e casas noturnas de Santa Cruz do Sul auxiliem clientes em situação de risco foi aprovado pela Câmara de Vereadores nesta segunda-feira (8), Dia das Mulheres. O texto, de autoria da vereadora Nicole Weber, precisa agora ser homologado pelo Executivo para entrar em vigor.

A vereadora destacou que o Encontro Seguro é de fácil aplicação e custo irrisório para os empresários, e que seu gabinete está à disposição da comunidade para tirar dúvidas e orientar os proprietários sobre a aplicação da nova Lei. “Eu fui eleita majoritariamente por mulheres e por defender a defesa dos direitos femininos, e poder dar esse presente para as santa-cruzenses no dia 8 de março é uma honra e um orgulho para mim”, comemorou.

Conforme o texto, estabelecimentos como bares, casas de shows e restaurantes deverão anexar um cartaz nos banheiros femininos informando as mulheres de que elas podem procurar os funcionários e administradores, emitindo um código (estará no cartaz) de forma discreta, caso estejam em um encontro e se sintam em situação de perigo. 

De acordo com Nicole Weber, essa era uma das principais propostas de campanha eleitoral e visa garantir mais segurança para o público feminino. “Tudo o que o estabelecimento deverá fazer, caso solicitado, é acompanhar essa mulher até o carro dela ou um táxi para que ela possa voltar em segurança, e orientar a mulher, quando ela pedir, sobre a localização da Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento”, explicou. 

Leia mais: Nicole Weber protocola projeto para que bares e restaurantes auxiliem clientes mulheres em situação de risco

Medida que já dá certo

Em janeiro de 2020, o Dom Restaurante, situado na Rua Thomaz Flores, passou a auxiliar mulheres que estão em algum encontro no espaço sentindo-se desconfortáveis e inseguras a saírem desse momento. De acordo com o proprietário Pablo Cardoso, a ideia de proteger as mulheres surgiu após os frequentes casos de feminicídios e violência contra mulher registrados na região.

Conforme ele, quando a mulher estiver no restaurante com sensação de insegurança ela poderá ir até o banheiro feminino onde na parede estará exposto um quadro com um código. Ao voltar à mesa, a mulher chama o garçom e pede a bebida, que é o código. Após isso, o garçom informa o caixa sobre o caso e, então, o próprio garçom ou outra pessoa do restaurante chama a mulher para "tirar uma dúvida" no caixa. Nesse momento, ela é acompanhada pelo garçom até o seu carro, Uber, táxi para que volte com segurança para casa.

O proprietário explica que o código muda mensalmente e que todos da equipe têm a intenção de colaborar para que as mulheres sintam-se mais seguras. 


Foto: Pixabay
Medida visa garantir mais segurança para o público feminino
Medida visa garantir mais segurança para o público feminino

Foto: Jacson Miguel Stülp
Texto de autoria da vereadora Nicole Weber busca auxiliar clientes em situação de risco em estabelecimentos
Texto de autoria da vereadora Nicole Weber busca auxiliar clientes em situação de risco em estabelecimentos