Veja o que muda com a restrição de atividades a partir das 20h


Por: Portal Arauto
Publicado 22/02/2021 18:10
Atualizado 22/02/2021 18:48

Geral   COGESTÃO ACEITA

Com a manutenção do modelo de cogestão, o Vale do Rio Pardo segue em bandeira preta, porém, podendo adotar as regras da bandeira vermelha, algo que restringe os atendimentos, formas de atuação e lotação em diversos setores da economia. Até então, mesmo que enquadrado em bandeira vermelha, a região seguia os protocolos de bandeira laranja, por já ter os documento aprovados para isso junto ao Piratini.

Clique aqui e veja a comparação de protocolos entre bandeira preta e vermelha

Porém, entra em vigor também, independentemente das bandeiras finais, a suspensão geral de atividades, incluindo estabelecimentos de atendimento ao público, reuniões, eventos, aglomerações e circulação de pessoas tanto em áreas internas quanto externas, em ambientes públicos ou privados, entre 20h e 5h, todos os dias, até o dia 2 de março. A regra vale para todo o Estado, independente de bandeira.

As exceções devem ser mantidas: farmácias, hospitais e clínicas médicas, serviços funerários, serviços agropecuários, veterinários e de cuidados com animais em cativeiro, assistência social e atendimento à população vulnerável, hotéis e similares, postos de combustíveis e estabelecimentos dedicados à alimentação e hospedagem de transportadores de cargas e de passageiros, estabelecimentos que funcionem em modalidade exclusiva de tele-entrega e Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Sul (Ceasa). A suspensão geral também não atinge atividades industriais noturnas.

Ensino presencial na bandeira preta

O governo do Estado acatou pedido dos prefeitos para a manutenção das aulas presenciais na bandeira preta para a Educação Infantil e os 1º e 2º anos do Ensino Fundamental, considerando a dificuldade que os pais encontram por não ter com quem deixar os filhos quando saem para trabalhar e a dificuldade de efetiva alfabetização das crianças em aulas virtuais.

Para os demais níveis de ensino, as atividades presenciais seguem proibidas em regiões com bandeira preta. As atividades de ensino presencial não podem ser definidas pelo sistema de cogestão regional.

As mudanças, tanto no horário de suspensão das atividades, como do funcionamento da cogestão regional e das escolas, devem ser publicadas em decretos ainda nesta segunda-feira (22), para que possam valer a partir de terça (23), juntamente com o mapa definitivo da 42ª rodada.

Ainda nesta semana, o governo do Estado convocou uma nova reunião, para quinta-feira (25), com a Famurs e as associações regionais para reavaliar a situação e o cumprimento das medidas.


Foto: REUTERS / Ricardo Moraes
Estabelecimentos e lugares públicos não deverão ter circulação de pessoas entre 20h e 5h
Estabelecimentos e lugares públicos não deverão ter circulação de pessoas entre 20h e 5h