Cerca de 350 crianças voltam às EMEIs em Vera Cruz


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 09/02/2021 06:25
Atualizado 09/02/2021 06:25

Geral   EDUCAÇÃO INFANTIL

Nesta segunda-feira (8), sete escolas municipais de Educação Infantil de Vera Cruz deram as boas-vindas a cerca de 325 crianças que retornaram às atividades escolares, após meses de recesso em função da pandemia. Neste primeiro momento, apenas as turmas de Nível B e Pré-escola 1 voltaram ao ambiente escolar, divididas entre os turnos da manhã e tarde, respeitando a ocupação de 50% dos espaços. 

Por debaixo das máscaras, os sorrisos podem até ter ficado escondidos, mas a alegria em rever professores, funcionários e, principalmente, os coleguinhas, transpareceu através dos olhares das crianças. O sentimento de felicidade também foi compartilhado  por pais e responsáveis e se somou ao de alívio pela retomada da rotina escolar, mesmo que em meio turno, já que muitos deles tiveram que recorrer a parentes e conhecidos, ou até mesmo a babás para ter com quem deixar os pequenos. 

TEMPO DE DESAFIOS E MUITA DISPOSIÇÃO  

Para Angela Roberta dos Santos, mãe de Renan, de quatro anos, a alternativa neste período de recesso escolar foi pedir o desligamento na empresa de tabaco onde trabalhava como safrista em Vera Cruz para ficar com o filho em casa. “Não foi fácil, pois a minha rotina mudou completamente. Tenho um outro filho de 20 anos e uma filha de 24 anos e eles sempre foram na creche. Então, este período em que o Renan não pôde vir pra escola foi muito estranho até. Sentimos falta. Mas ao mesmo tempo, procuramos  entretê-lo com desenhos na televisão ou celular, brincadeiras ao ar livre e passeios de bicicleta”, conta a mãe. Com o retorno das EMEIs, frisa que agora poderá voltar à empresa a partir de março, dividindo a jornada entre o trabalho no turno da noite e os cuidados com Renan pela manhã - já que à tarde ele frequenta a escola. 

Assim como Angela, Felipe dos Santos também deixou o emprego e ficou mais tempo em casa nos últimos meses ao lado da filha Ana Júlia, de três anos. No caso dele, a jornada diária como padeiro em um estabelecimento foi substituída pelo preparo de lanches em casa - forma encontrada para conciliar a atividade profissional com os cuidados com a pequena. “Estes últimos meses nos desafiaram, mas também me proporcionaram estar mais perto da minha filha. Procuramos manter ela bem envolvida em atividades diferentes, como na cozinha, aprendendo a fazer um prato gostoso, sem esquecer dos trabalhinhos enviados pela escola”, revela. “Confesso que vou sentir saudades do tempo que passamos juntos, mas acredito que o retorno à escola é muito importante para o desenvolvimento dela e pelo convívio social”, complementa. 

RETORNO TRANQUILO 

Após visita às escolas durante esta segunda-feira, a secretária municipal da Educação, Micheli Rech, afirma que o retorno às atividades nas EMEIs foi mais tranquilo que o esperado. “Tivemos uma cooperação mútua, de pais, responsáveis, professores e funcionários, todos entendendo a necessidade e a importância de mantermos os protocolos de saúde”, ressalta. 


Foto: Jornal Arauto / Taliana Hickmann
Protocolos de higiene foram seguidos na chegada e na saída das crianças da escola
Protocolos de higiene foram seguidos na chegada e na saída das crianças da escola