Advogado disse que motorista envolvido em acidente com mortes em Vera Cruz fugiu por medo de represálias


Por: Portal Arauto
Publicado 06/02/2021 06:55
Atualizado 06/02/2021 07:09

Polícia   INVESTIGAÇÃO

A Polícia Civil de Vera Cruz vai ouvir ainda neste mês o motorista da carreta envolvida no acidente que vitimou dois jovens no dia 28 de janeiro, na RSC-287, em Vera Cruz. De acordo com o chefe da investigação, delegado Paulo César Schirmann, o depoimento foi adiado, mas será realizado nas próximas semanas. O objetivo é elucidar não só a causa, mas o que motivou o motorista da carreta a deixar o local do acidente. Além da oitiva, a polícia aguarda o laudo pericial do local da colisão.

Ao Portal Arauto, o delegado relatou que em um primeiro contato com o advogado que representa o motorista da carreta foi relatado que o homem fugiu do local temendo represálias. "Foi dito pelo advogado que esse motorista ficou um tempo no local e saiu porque teria ouvido ameaças de indivíduos que chegaram lá após a colisão. Claro que é uma primeira versão e voltarei a fazer essa pergunta e outras quando conseguirmos ouvi-lo presencialmente", disse. Mais detalhes do caso não serão divulgados até o fechamento do inquérito.

O acidente vitimou Jeferson Diovani Kuhn de Campos, de 19 anos, e Maiquel Silva dos Santos, de 17 anos. Os dois moravam em Vale do Sol, comunidade que ficou abalada com a perda repentina dos jovens.

Leia mais:

Familiares e amigos de jovens que morreram em acidente realizam passeata em Vera Cruz

Comunidade de Vale do Sol se despede de jovens que morreram em acidente na RSC-287


Foto: Arquivo/Portal Arauto
Acidente entre carreta e carro deixou dois mortos na RSC-287 em Vera Cruz
Acidente entre carreta e carro deixou dois mortos na RSC-287 em Vera Cruz