Atraso na coleta de lixo motiva mudanças


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 09/01/2021 15:00

Geral   ALTERAÇÃO

Motivo de insatisfação de parte dos moradores de Vera Cruz, a coleta do lixo sofrerá mudanças em razão dos constantes atrasos no recolhimento em bairros e no interior. 

Conforme o responsável pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente (Condema), Ricardo Konzen, a definição sobre as alterações ocorreu após reunião na manhã da última terça-feira, dia 6, com o diretor Diego Maurer, da empresa Diego Maurer - EPP, de Santa Catarina, responsável pela coleta de resíduos no Município. Do encontro, Konzen revela que foram realizadas diversas cobranças ao diretor pelo não cumprimento do que está em contrato, principalmente no que se refere ao recolhimento total do lixo na área urbana e no interior. “No primeiro mês tínhamos ainda a questão da adaptação, mas após três meses as reclamações ainda estavam chegando e vimos que as coisas deveriam melhorar”, reforça o responsável.  

Como forma de evidenciar a ineficiência do atual modelo, foram apresentadas ao diretor as diversas reclamações da comunidade, que ligava para a Prefeitura em razão dos atrasos.

MUDANÇAS

Após apresentação das cobranças do Município, a solução encontrada e acordada com a empresa responsável foi a contratação de mais um motorista para a realização da coleta seletiva nas terças e sextas-feiras. Desta forma, dois veículos ficarão de maneira exclusiva recolhendo o lixo comum, enquanto um terceiro será destinado apenas para a coleta seletiva. 

De acordo com Konzen, a medida tem como base uma  análise do órgão responsável por fiscalizar os serviços, que  percebeu um número alto de reclamações principalmente nos dias da coleta seletiva, que antes era realizada apenas por dois caminhões. “Iremos mudar a sistemática  de operação. Com apenas dois veículos em atividade, o tempo para realizar a logística do recolhimento do lixo comum e seletivo era muito curto nas terças e sextas”, reforça o responsável pela fiscalização. O custo da operação será absorvido pela empresa responsável, tendo em vista que ela não estava cumprindo o que foi acordado no edital. Os horários de recolhimento continuam os mesmos.

MODELO DE GESTÃO

Com o objetivo de se tornar referência na região, Konzen revela a intenção do Município em ter uma Central de Triagem, que iria separar todo o material e deixar apenas o rejeito para ser encaminhado para Minas do Leão. Segundo ele, tal medida beneficiaria muito o Município. “Poderíamos gerar empregos na cidade e ainda economizar, pois temos que pagar para enterrar nosso lixo em outro município. O que agora são três cargas, se tornariam duas”, revela. O preço por tonelada para depositar o lixo em Minas do Leão, local para onde são encaminhados os resíduos, atualmente é de R$ 116,48.


Foto: Gabriel Fuelber/Jornal Arauto
Lixo acumulado pela demora no recolhimento gerou reclamações da comunidade
Lixo acumulado pela demora no recolhimento gerou reclamações da comunidade