Juventude renova o seu gramado


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 05/01/2021 18:00

Geral   INVESTIMENTO NO FUTEBOL AMADOR

Tradicional equipe do interior de Vera Cruz, o Centro Cultural e Esportivo Juventude, de Linha Henrique D’Ávila, colocou em prática um ambicioso plano que já estava sendo debatido internamente há algum tempo: a revitalização do seu campo. A proposta era motivo de debate em razão das características desfavoráveis do gramado, que dificultava a prática de um bom futebol na casa do time alviverde. 

Segundo o presidente do clube, Dilson Kuhn, a decisão de reformar o gramado ocorreu após a final do campeonato Municipal de 2019, que fez com que a diretoria colocasse metas no plano de gestão. A procura por informações sobre qual o melhor tipo de grama a ser utilizada foi considerada por Dilson como uma tarefa de Gincana.  “Depois de muitos contatos conseguimos em Santa Maria a semente. Antes do semeio,  realizamos toda a recuperação da estrutura do solo, com acompanhamento técnico. A irrigação foi fundamental para dar condições da grama germinar. Tivemos a ajuda de um amigo do clube que nos emprestou um kit de irrigação. A gente chama todos de parceiros os que estão nos ajudando neste projeto”, revela o presidente. 

O PROJETO

A ideia inicial era fazer o plantio da grama, mas após uma avaliação técnica, a diretoria do clube decidiu realizar o semeio da grama (variedade Bermuda). Ainda, foram realizadas diversas ações para garantir o bom andamento das obras. Dentre as principais, Dilson destaca a irrigação, que considerou  fundamental para se ter as condições necessárias para a grama germinar. Após 30 dias foi realizado o primeiro corte da grama, que se encontra em ótimo desenvolvimento.

Em relação às condições do antigo campo, o mandatário frisa que ele era de grama nativa, das que existem nos potreiros do interior, sendo muito compactado. O membro da diretoria revela outro problema recorrente. “Havia ainda o agravante de uma área do gramado ser muito baixa, que se tornava um reservatório de água após as chuvas. Por isso, foi feito um trabalho de terraplanagem, revitalizamos alguns drenos e subsolamos a área. As dimensões do campo serão reduzidas para que as margens tenham onde escoar os excessos de água da chuva”, conta.

INCENTIVO E APOIO 
DA COMUNIDADE

Para as metas serem alcançadas, foi necessário o envolvimento de muitas pessoas para o objetivo ser atingido. "Tivemos um apoio grande de algumas pessoas e sócios do clube. Inclusive, na inauguração do gramado vamos fazer uma homenagem de reconhecimento a estas lideranças comunitárias”, afirma Jeferson Klunk, diretor social do clube.

 A união da diretoria também é destacada por Jeferson, que revela um rodízio realizado por membros do clube para que duas vezes por semana alguém viesse com  o trator para fazer a irrigação do campo. “O combinado era inovar e estamos fazendo de tudo para deixar nossa contribuição para as próximas gerações”, ressalta.

Para 2021, a realização dos campeonatos está condicionada ao retrocesso da pandemia. No entanto, uma possível participação deverá ser avaliada pela próxima gestão que assumir, já que a atual encerra neste mês de janeiro. A realização de amistosos não está descartada, principalmente com os parceiros, para que eles possam ter a oportunidade de jogar no novo gramado do clube de Linha Henrique D’Ávila.


Foto: Divulgação
Ajuda de sócios e membros da diretoria foi fundamental para o sucesso do projeto
Ajuda de sócios e membros da diretoria foi fundamental para o sucesso do projeto