Santa Cruz tem mais de 400 veículos abandonados pelas ruas


Por: Portal Arauto
Publicado 04/01/2021 06:20
Atualizado 04/01/2021 10:50

Geral   MEIO AMBIENTE

Denúncias referentes a veículos abandonados nas ruas de Santa Cruz do Sul chegam com frequência à Unidade Central de Fiscalização Externa (Ucefex). O órgão estima que o Município tenha aproximadamente 400 veículos - incluindo caminhões, carros, motocicletas - abandonados, estando a maioria concentrada na zona sul. Há caminhão que há cerca de 15 anos se encontra estacionado em via pública.

Segundo o coordenador da Ucefex, Guilherme Lopes, um levantamento realizado em 2012 apontou que Santa Cruz tinha cerca de 60 veículos abandonados, subindo para 200 em 2016 e 400 veículos no ano passado, sendo que a maioria não se encontra em condições de uso.

A situação tem se tornado um problema para o Município, isso porque, segundo Lopes, a Prefeitura tem uma lei que regulamenta os veículos abandonados e inclusive dispõe de um caminhão para fazer o recolhimento. No entanto, o impasse está na falta de um depósito. Caso o proprietário do automóvel em situação de abandono seja localizado, ele é notificado e orientado a acionar uma empresa para fazer o desmanche. Se não tomar as devidas providências, uma multa de 2 UPMs, o equivalente a R$ 652,60, é aplicada. Se o dono não for encontrado, o veículo permanece no local. "De qualquer forma, a Prefeitura apenas poderia fazer o recolhimento se o veículo estiver estacionado de maneira incorreta, mas no momento não conseguimos fazer o recolhimento por não termos depósito. Nós estamos buscando um convênio junto ao Detran para que seja possível ter um depósito regulamentado e que acarrete menos custos ao Município", destaca.

Denúncia

Caso alguém se depare com um veículo abandonado, a orientação, segundo Guilherme Lopes, é de que tire uma foto e encaminhe para o WhatsApp da Ucefex número (51) 9 8443-0312. Após isso, a Unidade Central de Fiscalização Externa da Prefeitura de Santa Cruz irá tentar localizar o proprietário e fazer a notificação.

Outro impasse, de acordo com Lopes, é que a grande maioria dos donos dos veículos não são encontrados, impossibilitando, também, a aplicação de multas. Mesmo que o automóvel esteja localizado em uma propriedade particular, é preciso dar o destino correto, pois, conforme ele, trata-se de um risco à saúde das pessoas. 

Errata: A foto usada anteriormente foi excluída da reportagem por ainda não ter se configurado situação de abandono de veículo.


Foto: Pixabay/ Divulgação
Caso o proprietário do automóvel em situação de abandono seja localizado, ele é notificado e orientado a acionar uma empresa para fazer o desmanche
Caso o proprietário do automóvel em situação de abandono seja localizado, ele é notificado e orientado a acionar uma empresa para fazer o desmanche