Posto de Saúde Central de Vera Cruz será ampliado e terá atendimento 12 horas em 2021


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 25/12/2020 05:29
Atualizado 25/12/2020 05:29

Geral   SERVIÇOS INTEGRADOS

2020 está terminando com boas notícias para o atendimento em saúde de Vera Cruz. A partir do próximo ano, o Posto de Saúde Central vai passar por reforma que visa ampliar o espaço. A ideia, conforme a secretária da pasta, Liseana Palma Flores, é integrar as recepções do Posto e do Espaço Mamãe Criança, possibilitando atendimento 12 horas para crianças, adultos e idosos, bem como transferir para o local a Farmácia Municipal, que fica atualmente na Avenida Nestor Frederico Henn, em frente ao Banrisul. 

Liseana explica que a reformulação vem sendo estudada desde o início do ano, tendo sido interrompida nos últimos meses em função da pandemia, retornando agora com a conclusão do projeto arquitetônico. A reforma, segundo ela, ainda não tem data exata para começar, mas a expectativa é que inicie a partir de janeiro de 2021. “A primeira etapa será trazer a Farmácia Municipal para o Posto de Saúde Central. Isso vai facilitar muito a cobertura, pois a Farmácia estará mais próxima de bairros como o Arco-Íris, onde a população é mais numerosa”, esclarece a responsável pela pasta, ao frisar que a unidade terá entrada externa e interna. “Se um usuário chegar no local com receita e não tiver necessidade de entrar na unidade como um todo, ele pode ingressar diretamente na Farmácia”, complementa. 

ATENDIMENTO AMPLIADO

 Para integrar as recepções do Posto de Saúde Central e do Espaço Mamãe Criança será derrubada a parede que divide as duas estruturas. Mesmo com essa unificação, Liseana salienta que serão respeitadas as especificidades do atendimento adulto e de gestantes e crianças e que a população continuará procurando atendimento como sempre fez. Sendo assim, o atendimento passará a ser das 7 às 19 horas, sem fechar ao meio-dia, aderindo ao Programa Saúde na Hora, que visa o horário de atendimento mais flexível, sob a lógica de organização típica de uma Estratégia de Saúde da Família (ESF). Para se adequar ao programa, o município terá três equipes de saúde da família trabalhando no local. 

MELHORIAS

Para determinar as melhorias, enquadradas nas normas do Ministério da Saúde, a secretária afirma que profissionais atuantes nas unidades foram questionados sobre as necessidades de um espaço como este. “Hoje se um paciente está no Posto e passa mal, ele tem que passar pela recepção na maca para chegar no ambulatório, mas com a reforma, a ambulância vai direto no ambulatório. Além disso, teremos banheiros com acessibilidade e espaço para os funcionários – duas necessidades que não eram contempladas até então. Tivemos todo esse cuidado em pensar a reestruturação dentro das normas, mas também, dentro das necessidades dos trabalhadores”, completa, ao frisar, ainda, que o início da reforma, bem como mudanças no atendimento durante este período, serão comunicados através dos canais oficiais da Prefeitura e pela imprensa.