Assembleia do Corede define destinação dos recursos da Consulta Popular


Por: Portal Arauto
Fonte: Assessoria de Imprensa
Publicado 23/12/2020 07:08
Atualizado 23/12/2020 07:10

Geral   DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Em assembleia regional realizada de forma virtual e comandada pelo presidente Heitor Álvaro Petry, o Corede/VRP definiu a destinação dos recursos de R$ 371.428 em 2021 e outro montante igual em 2022, oriundo da Consulta Popular 2020. A votação ocorreu no final de outubro e início de novembro deste ano e a região do Vale do Rio Pardo foi a segunda que mais participou no Estado, com cerca de 12 mil votos.

O projeto mais votado vai ser contemplado em 2021. Trata-se do programa que busca fortalecer e fomentar a produção, industrialização e comercialização da agricultura familiar, que recebeu 6.536 votos, cuja região receberá em torno de R$ 371.428,57. Ficou definido em assembleia que a forma de rateio será igualitária de entre os municípios habilitados no valor de R$ 16.833,00, que poderão acessar aos recursos por convênio ou Feaper.

O segundo projeto escolhido é o de fortalecimento das diretrizes e ações voltadas à prevenção do êxodo rural e da agricultura familiar, que também será contemplado de R$ 371.428,57 e que recebeu 3.707 votos, porém este valor será pago em 2022. Ficou definido na assembleia que estes recursos serão destinados para a Escola da Familia Agrícola de Vale do Sol (Efasol), que pretende ampliar sua estrutura.

O diretor da escola Régis Solano destacou que o município adquiriu uma área em Linha Formosa e já existe um edital arquitetônico para iniciar a construção, com recursos de empresas parceiras e de emendas parlamentares e esse recurso da Consulta Popular será importante para aplicar na aquisição da mobília da futura sede da escola.

Também houve uma pequena prestação de contas dos recursos que foram pagos pelo Governo do Estado referentes às Consultas Populares de 2017 para cá. O relatório será encaminhado aos Comudes.

Aniversário

O presidente do Corede Heitor Álvaro Petry fez um balanço dos 29 anos de atuação do Corece/VRP, destacando as ações realizadas para lembrar a data, que transcorreu no último dia 19, bem como o papel desempenhado pela entidade na região. A ex-presidente Mariza Christoff  destacou o papel da Universidade em todo o processo. “A região é uma das mais unidas em função dos Conselhos Municipais de Desenvolvimento (Comudes), que se mantém muito ativos e buscam seu papel de protagonismo dentro dos municípios”, destacou.

O prefeito eleito de Sobradinho, Armando Mayerhoffer, destacou o Corede/VRP como importante entidade de união regional. “É através da união dos esforços dos municípios e dos Comudes que conseguimos desenvolver a nossa região do Centro-Serra e do Vale do Rio Pardo”, observou.

Já o Diretor de Extensão e Relações Comunitárias da Unisc, professor Angelo Hoff, disse que independência e a autonomia foram conquistada com o trabalho da presidente Mariza Christoff. “Quando fizemos nossa universidade fizemos nosso planejamento estratégico, o assunto do Corede é um dos pontos essenciais, pois entendemos de grande relevância dentro do âmbito regional”.

 


Foto: Divulgação
Votação ocorreu no final de outubro e início de novembro deste ano e a região do Vale do Rio Pardo foi a segunda que mais participou no Estado
Votação ocorreu no final de outubro e início de novembro deste ano e a região do Vale do Rio Pardo foi a segunda que mais participou no Estado