Jovem vera-cruzense se inspira em estética afro e cria marca de roupas


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 21/11/2020 16:57
Atualizado 21/11/2020 16:57

Geral   TALENTO

Nesta sexta-feira, 20 de novembro, celebra-se o Dia da Consciência Negra, que relembra a morte de Zumbi dos Palmares, um dos maiores líderes antiescravagistas. A data traz consigo a luta pela conscientização da importância do preto e de suas raízes culturais e históricas na sociedade. Sendo assim, muitos são os que se esmeram na luta contra a discriminação racial e para colocar em evidência suas origens e tradições, buscando a representatividade e a identificação cultural em todas as esferas e lugares. Um desses exemplos é João Pedro de Souza, de 24 anos, que no início de 2020, decidiu criar uma marca de roupas inspirada na estética afro, a Shabba. 

A ideia surgiu quando ganhou de presente uma camiseta com estampa étnica e sentiu-se representado na peça. “Quando recebi o presente bateu um sentimento de identificação com a roupa e o que ela representava. Desde lá comecei a estudar mais sobre o mundo da moda e fui construindo o planejamento da marca. A partir daí passei a pesquisar mais sobre a estética e percebi que na região havia poucas ofertas para esse estilo”, relembra ele, que é empresário e modelo.   

O jovem explica que o planejamento estético, estampas e logos, a produção de marketing e o planejamento estratégico são feitos por ele em casa, no bairro Cipriano de Oliveira, em Vera Cruz, onde conta com o apoio da mãe, Maria Josefa, que administra o setor financeiro e se dedica ao curso de modelagem de roupas para auxiliar o filho. Já as modelagens das peças, afirma o empresário, foram desenvolvidas pela estilista Marina Rissinger, de Lajeado. 

TALENTOS LOCAIS

Na produção e divulgação das peças, João acredita ser importante contar com talentos locais, incentivando suas habilidades. Dessa forma, a costura é feita por um grupo de mulheres de Santa Cruz do Sul, que pertencem a um projeto de inclusão no mercado de trabalho na área têxtil, chamado Cristal Confecção, que tem o objetivo de capacitar e promover as mulheres envolvidas. “Lá elas aprendem a costurar, cortar e modelar as peças. Além de fazerem um excelente trabalho, elas são da nossa região”, explica João, ao citar, ainda, que para clicar as peças e os modelos convidou o jovem fotógrafo Felipe Jordane. 

Assim que lançadas, lembra João, as roupas estarão disponíveis para venda no site www.shabba.com.br. O público também poderá acompanhar as novidades pela página no Instagram @shabbaoficial. 

Primeira campanha terápersonalidades locais

Na primeira campanha que vai divulgar a marca de roupas, João fez questão de convidar personalidades pretas de Vera Cruz e região para modelarem. Entre elas está a princesa do município, Milena Machado, que também já foi eleita a Mais Bela Negra. “É importante exaltar as personalidades locais da nossa região. Temos muitos talentos por aqui e que realizam um trabalho espetacular. Também vejo como um incentivo para que novos talentos daqui se inspirem e realizem seus sonhos”, frisa ele, ao expressar a alegria que sente em desenvolver a marca, que busca a identificação com a cultura afro. “Acredito que o sentimento de representatividade pela estética afro criará uma ligação entre o público e a marca. Lembro que no início da juventude não entendia o real significado de ser negro. Não me enxergava nas referências da mídia que havia na época. E é isso que viso semear: um estilo carregado de bagagem cultural”, completa. 


Foto: Jornal Arauto / Taliana Hickmann
Tons alegres e estampas étnicas são o diferencial da marca de roupas
Tons alegres e estampas étnicas são o diferencial da marca de roupas

Foto: Jornal Arauto / Taliana Hickmann
João, criador da marca, e Milena, princesa do município, com as peças
João, criador da marca, e Milena, princesa do município, com as peças