Brincadeira que virou competição nacional


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 10/11/2020 17:00
Atualizado 10/11/2020 19:10

Geral   JOGOS VIRTUAIS

Presente na infância e adolescência de muitos jovens por todo o mundo, os jogos de futebol virtuais têm ganhado cada vez mais espaço no cenário esportivo brasileiro. Ciente dessa perspectiva, o vera-cruzense Maicon da Rosa Ortiz, de 31 anos, resolveu apostar em uma modalidade pouco conhecida no futebol virtual para tentar trazer representatividade para Vera Cruz e região - o futebol virtual 11x11. 

A modalidade tem as mesmas regras do futebol virtual tradicional. No entanto, as partidas são realizadas entre 11 gamers (humanos) online contra outros 11 gamers (humanos) online, tendo cada um à sua posição definida na partida. Difícil de entender? Vamos explicar. No futebol virtual tradicional, todos os jogadores estão sob o seu comando, o que não ocorre nas disputas de 11x11, pois, cada gamer tem o seu atleta individual para jogar. Se você for zagueiro no jogo virtual, por exemplo, não pode ir ao ataque toda hora, pois deixará espaço na defesa. Da mesma forma, um atacante não pode ficar apenas na defesa, pois, consequentemente, a sua equipe não terá muitas chances de fazer gol. 

Atualmente, o vera-cruzense lidera a equipe Raça Gaúcha, integrante do Campeonato Brasileiro de Futebol Digital 11x11, que reúne 192 equipes de todos os estados brasileiros. No torneio desse ano, a equipe já está classificada para a próxima fase. Para os primeiros colocados serão mais de R$ 50 mil em premiação divididos entre os melhores. A competição tem a participação de equipes tradicionais como Flamengo, Vasco, Corinthians e Atlético-MG. A equipe gaúcha ainda tem os vera-cruzenses William Ernst, Fabio Medina e Henrique Porcher como membros, além de atletas de outros estados brasileiros e alguns gaúchos.

A ideia de criar uma equipe de futebol virtual 11x11 foi decidida na reta final das inscrições para o campeonato, o que fez com que o time tivesse que rapidamente se organizar. A falta de entrosamento tem sido contornada com a rotina de treinos semanais nas segundas-feiras, terças-feiras, quintas- feiras e sextas-feiras. Os treinamentos ocorrem das 21 horas até às 23 horas e os jogos oficiais todos os domingos, às 22 horas. 

Conforme Maicon, a ideia é fazer um bom campeonato para alavancar a equipe vera-cruzense na busca de ser patrocinada por algum time de futebol profissional. “A expectativa é que no futuro, algum time profissional, como Inter e Grêmio, possa investir na nossa equipe. No momento, não temos nenhum tipo de patrocínio para disputar as competições”, ressalta.


Foto: Divulgação
Foco e atenção são necessários para ter bons resultados
Foco e atenção são necessários para ter bons resultados