Contagem regressiva para cativar o eleitor


Por: Portal Arauto
Fonte: Jornal Arauto
Publicado 18/10/2020 07:30
Atualizado 18/10/2020 07:30

Geral   ELEIÇÕES

Intensificar as abordagens nas redes sociais, ser mais enfático no programa eleitoral gratuito, visitar de casa em casa os moradores, encher a caixa de correspondência de santinhos, enviar mensagens no celular? Qual a estratégia  para cativar os eleitores, especialmente os indecisos, faltando menos de um mês para a eleição dos novos prefeitos e vereadores dos municípios brasileiros?

Em Vera Cruz, eles respondem. O candidato Gilson Becker (PSB, PDT, PSL) aponta que as visitas são fundamentais, pois a população deseja manter contato com seu candidato e perguntar sobre questões pontuais. “O calor humano é imprescindível e buscamos a realização de debates para exposição de propostas e esclarecer questões”, aponta. Nesta reta final, frisa, serão 30 dias de contatos no sentido de conscientizar o eleitor que a coligação busca satisfazer os anseios da comunidade em um governo técnico e eficiente. 

As visitas também foram lembradas pelo candidato Jerônimo da Silva, o Caiaio (PL). “As pessoas estão me recebendo bem em suas casas, principalmente no interior, sentimos com as visitas que estamos fazendo, que parte do interior ficou esquecido ou os administradores que estão e estiveram no poder escolheram pessoas para atender”, lamenta ele, salientando que tem focado nas redes sociais, lives e visitas para expor suas propostas de renovação.

Para Eduardo Viana (PTB), o olho no olho é que define o voto. “Temos de passar confiança e apresentar nossas ideias, mas também ouvir o que a comunidade quer. As redes sociais ajudam muito, mas nada substitui uma boa visita. Estamos visitando,  procurando manter os protocolos de segurança. Acredito que tanto neste momento de período eleitoral  quanto em uma futura administração,  o candidato deve sentir o eleitor e entender o que de fato é urgência para nossa comunidade”, destaca.

A candidata Rosane Petry (PP, MDB, PSD, PT, Republicanos) diz que respeitando todos os protocolos de segurança, as visitas ainda são muito importantes. Olho no olho, pergunta, resposta, relação humana, tudo gera conexão. “É um momento particular para ouvir demandas e construir soluções conjuntamente”, frisa, ao dizer que neste período final de campanha pretende difundir as ideias e propostas baseadas numa plataforma de governo construída por muitas mãos.
 


Arquivo Arauto
Candidatos tentam conquistar 17.911 eleitores locais
Candidatos tentam conquistar 17.911 eleitores locais