Número de encaminhamentos de seguro-desemprego cai nos últimos meses em Santa Cruz e Vera Cruz


Por: Portal Arauto
Publicado 15/10/2020 07:00

Geral   MERCADO DE TRABALHO

A pandemia do novo coronavírus trouxe diversos reflexos à economia e fez algumas empresas fecharem as portas ou, até mesmo, precisarem demitir funcionários. O número de pessoas desempregadas cresceu durante a pandemia, o que também impactou em uma maior demanda de encaminhamento de seguro-desemprego nas agências FGTAS/Sine.

Além de encaminhar o seguro-desemprego nas agências, também é possível realizar o processo individualmente, acessando o Portal Emprega Brasil (empregabrasil.mte.gov.br) ou pelo aplicativo da Carteira de Trabalho Digital, disponível para Android e IOS. O trabalhador deve ter em mãos o número do CPF e o requerimento do seguro-desemprego, documento dado pelo empregador no momento da dispensa sem justa causa.

Dados locais

Em Santa Cruz do Sul, o mês em que houve maior número de registros de encaminhamentos do benefício foi maio, chegando a 769. Desse número, 94 encaminhamentos foram realizados pelo próprio Sine e outros 675 pela internet. No caso de Vera Cruz, não foi diferente. Maio também foi o mês em que mais foram encaminhados o seguro, sendo realizados 124  procedimentos.

Na agência do Sine de Santa Cruz, um aumento na quantidade de encaminhamentos ocorreu em abril e maio, enquanto nos demais meses houve uma queda. Conforme levantamento realizado pela agência local - que levou em consideração tanto o processo realizado pela agência quanto pela internet - em março foram 413 encaminhamentos; em abril 595; maio 769, junho 478; julho 329 e agosto 307. Setembro registrou um pequeno acréscimo, quando foram realizados 310 encaminhamentos do seguro-desemprego. 

Levando em conta apenas o processo realizado pela agência, o Sine de Vera Cruz teve registros de 60 encaminhamentos do benefício no mês de março. Em abril aumentou para 65, enquanto que em maio houve um aumento considerável, chegando a 124. Em junho houve queda, sendo realizados 39 encaminhamentos; em julho 47; agosto 34 e em setembro uma leve diminuição para 32.

Atendimento ao público

Em Santa Cruz do Sul, o horário de atendimento da Agência FGTAS/Sine é das 8h às 14h. Seguindo os protocolos de prevenção, é permitida a entrada e permanência de público equivalente ao número de atendentes da FGTAS disponível nas unidades. Além disso, é obrigatório, ainda, o uso de máscara e distância de, no mínimo, dois metros entre os trabalhadores que aguardam atendimento nas filas que se formarem eventualmente. Para receberem o atendimento presencial, torna-se necessário realizar o agendamento por meio do número (51) 98445-6330 ou (51) 3711-2622.

A coordenadora da agência em Santa Cruz, Gracilene Spilere, destaca que caso alguém não consiga realizar individualmente o processo de encaminhamento, receberá toda a ajuda necessária: "Estamos auxiliando as pessoas que não estão conseguindo fazer o encaminhamento do seguro-desemprego. Damos todo o suporte aqui".

Da mesma forma, o atendimento na Agência FGTAS/Sine de Vera Cruz ocorre seguindo todas as medidas de segurança contra o novo coronavírus, mas não é preciso agendar o atendimento presencial, que é realizado das 7h30min às 11h30min e 13h às 17h. Contudo, segundo o coordenador da agência, Sidnei Fernandes, a maioria dos serviços da agência pode ser realizado de forma online e, em caso de dúvidas, é possível ligar para o número (51) 3718-4040.

 


Foto: Agência Brasil/ Divulgação
Número de encaminhamentos de seguro-desemprego cai nos últimos meses em Santa Cruz e Vera Cruz